Fazendo uma analogia com o corpo humano, as finanças são como o sistema cardiovascular da empresa, que é responsável por nutrir de recursos as diversas áreas da empresa, sendo assim, uma das mais importantes e relevantes áreas da empresa.

A saúde financeira da empresa, assim como nossa saúde cardíaca, é importante para que o seu sistema de operações possa funcionar em toda sua eficácia, evitando colapsos inesperados. Geralmente é mais fácil encontrar uma empresa que tenha problemas nos processos, mas que possua um bom sistema financeiro e consiga sobreviver, do que uma empresa com bons processos mas com um financeiro ruim. Como aconteceu, por exemplo, com a Sadia e seus problemas de hedge, que quase a levaram a falência há pouco tempo atrás.

Por isso, hoje irei dar aqui 5 dicas para se ter um sistema financeiro mais competitivo nas empresas, fique atento:

1 – Mantenha uma parte dos seus investimentos em ativos de liquidez imediata: É importante que a empresa não faça apenas investimentos de longo prazo. Ela precisa ter alguns investimentos em ativos de liquidez imediata para o caso de alguma urgência e, principalmente, para o caso de uma boa oportunidade de negócios que surja de repente.

2 – Mantenha apenas ativos rentáveis ou que possuam valor estratégico: Os ativos que não rendem nada fazem com que você tenha perdas de oportunidade. É melhor ter o dinheiro na poupança – rendendo – do que parado, visto que a inflação e a depreciação irão desvalorizar o valor do ativo no tempo. Esta regra não se aplica a ativos adquiridos com a idéia de possuir valor estratégico para a empresa. Um terreno que não possui valorização aceitável, mas que dá a empresa a possibilidade de uma expansão segura é um bom exemplo disso.

3 – Use a contabilidade como ferramenta estratégica e não apenas como uma obrigação: Os pequenos empresários, muitas vezes, não compreendem o valor estratégico de uma demonstração de resultados feita de forma correta, ou de um balanço patrimonial realista. Este fato tem grande influência em sua tomada de decisões, uma vez que os deixa sem informações claras e precisas sobre o negócio, deixando-os à mercê de projeções que muitas vezes podem estar erradas.

4 – Seja ferrenho com o tratamento das finanças de sua empresa: Não existe corpo mole quanto o assunto é dinheiro, por isso não deixe que haja desperdício de recursos em nenhum momento em sua empresa. Apenas 1 real desperdiçado por dia poderá se transformar em 10 reais no longo prazo. Faça com que os responsáveis pelas finanças de sua empresa busquem sempre os melhores juros para tomar emprestado e os melhores para investir, cobre de seus gerentes melhores ofertas, compare, barganhe.

5 – Fique de olho nos diversos ciclos de sua empresa: Compre sempre com maior prazo do que costuma vender, possibilite a empresa possuir os recursos no tempo certo. Quanto mais amigável ao seu negócio são seus ciclos financeiro e operacional, melhor e mais competitivo será seu fluxo de caixa.

Esteja preparado para as mudanças, comece investindo em um sistema financeiro robusto e capaz de investir rapidamente ou enxugar custos sem interferir nas atividades de sua empresa.

2 COMENTÁRIOS

  1. Nossa como estou aprendendo aqui lendo,é o máximo está abrindo meus orizontes,buscar informações é tudo que eu presiso e estou encontrando,estou amando isso tudo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here