A globalização trouxe diversos novos concorrentes para nossos negócios. Mas parece que para alguns colaboradores esta realidade ainda não bateu à sua porta, fazendo com que o cliente seja mal atendido e tome ódio pela sua empresa. Nos tempos atuais este “ódio” pode viajar muito rápido e causar sérios problemas para sua empresa. Com o surgimento das redes sociais, o boca-a-boca nunca esteve tão forte. Assim, neste artigo vou trazer alguns motivos que podem levar seus a odiarem sua empresa, fique atento!

Para saber mais, confira nosso post sobre CRM – A solução para melhorar o relacionamento com seus clientes

5 motivos que podem levar o seu cliente a odiar sua empresa:

Ele nunca é ouvido: Esta é clássica. Muitos vendedores, atendentes e colaboradores, mas parece que eles não tem a capacidade de ouvir seus clientes. Não importa quantas vezes falem, eles vão fingir que o entenderam, vão fazer a tarefa errada e ainda vão perguntar constantemente o que ele precisa. Esta negligência pode custar muito caro para sua empresa.

Falta de conhecimento sobre o produto ou serviço: Você tenta comprar algo e o vendedor não tem a mínima idéia do que está te oferecendo, principalmente se a sua pergunta envolver algo mais técnico sobre o produto. A falta de preparação dos vendedores é um fator desestimulante muito grande para os compradores, afinal ninguém vai comprar um computador se não conseguir o mínimo de informação sobre o mesmo.

Não resolver os problemas: Se o cliente entra na sua empresa, ele deseja ter uma determinada necessidade atendida. Neste caso, faça de tudo para que isto se realize da forma mais satisfatória possível, caso não tenha condições, indique uma empresa que possa fazê-lo

Mentir: É incrível a quantidade de mentiras que um vendedor pode utilizar para vender algo e o quanto isto pode ser frustrante para o cliente. Os contratos podem esconder armadilhas que os vendedores omitem ou mentem a respeito, porém a publicidade negativa causada pelo cliente que descobre a mentira vai ser sempre pior.

Atenção demais para poucos clientes: Não pense que seus clientes não vão perceber que você dá atendimento especial à uma certa minoria de clientes. Não que isto esteja errado, alguns clientes realmente respondem por parcelas significativas de seu faturamento ou lucratividade. Porém, é preciso que você crie mecanismos para o atendimento destes clientes em especial, mas também mantenha um atendimento padronizado para todos, afinal ninguém gosta de se sentir inferior, certo?

Em resumo, cuide sempre bem de seus clientes! Não os faça odiar sua empresa, pode ser extremamente prejudicial ao seu negócio.

Estas são algumas dicas que deixo sobre o tema, qualquer outra dica, sugestão, critica é só nos contar nos comentários. Participe!

3 COMENTÁRIOS

  1. Adorei a matéria!!!

    Tem outros motivos como:

    – Só contatar o cliente quando é pra vender mais produtos e serviços e não contata-lo para ver se está precisando suporte.

    – Gastar o dinheiro dos atuais clientes única e somente para conquistar novos clientes e abandonar os atuais.

    – Vender com certa qualidade e ter um atendimento e suporte péssimos.

    – Só exitir meta para vendas e não existir meta para satisfação dos clientes.

    – Empurrar mais produtos e serviços pros clientes do que eles precisam e não repassar redução de custos e incrementos nos produtos e serviços.

    – Transferir para o cliente o trabalho de resolver os problemas gerados pela empresa contratada/fornecedora.

    – Não ter foco na satisfação do cliente e não procurar conhecer o mercado em que se atua.

    E por ai vai…

    • Olá Rafael, tudo bom?
      Suas dicas são ótimas. Realmente isto tira qualquer cliente do sério. As empresas precisam ficar de olho!
      Obrigado pela visita e colaboração. Engrandeceu ainda mais o nosso post.
      Grande abraço e volte sempre!

  2. O que o Rafael aponta é realmente uma falha de muitas empresas, por não equacionarem de forma equilibrada a distribuição do retorno financeiro que se tem quando se finaliza uma negociação e com foco suficiente consegue-se capitalizar a decisão do cliente, fidelizando-o através da confiança, segurança transparência. É incrível, mas existem muitos administradores temporários de empresas em fusão ou expansão que desconsideram o fato que muitos clientes estão dispostos a “pagarem” mais caro para terem segurança e confiança nas negociações com seus fornecedores. Então deveriam perceber que a “ponta da lança” precisa estar sempre bem afiada. Então estaria ai, simbolicamente, o motivo das oscilações no gráficos dos resultados

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here