A famosa hierarquia de necessidades de Maslow, proposta pelo psicólogo americano Abraham H. Maslow, baseia-se na idéia de que cada ser humano esforça-se muito para satisfazer suas necessidades pessoais e profissionais. É um esquema que apresenta uma divisão hierárquica em que as necessidades consideradas de nível mais baixo devem ser satisfeitas antes das necessidades de nível mais alto. Segundo esta teoria, cada indivíduo tem de realizar uma “escalada” hierárquica de necessidades para atingir a sua plena auto-realização.

A hierarquia de necessidades de Maslow

Para tanto, Maslow definiu uma série de cinco necessidades do ser, dispostas na pirâmide abaixo e explicadas uma a uma a seguir:

Onde existem as necessidades primárias (básicas) que são as fisiológicas e as de segurança e as necessidades secundárias, que são as sociais, estima e auto-realização. Abaixo a explicação de cada uma delas:

1 – Necessidades fisiológicas: São aquelas que relacionam-se com o ser humano como ser biológico. São as mais importantes: necessidades de manter-se vivo, de respirar, de comer, de descansar, beber, dormir, ter relações sexuais, etc.

No trabalho: Necessidade de horários flexíveis, conforto físico, intervalos de trabalho etc.

2 – Necessidades de segurança: São aquelas que estão vinculadas com as necessidades de sentir-se seguros: sem perigo, em ordem, com segurança, de conservar o emprego etc. No trabalho: emprego estável, plano de saúde, seguro de vida etc.

No trabalho: Necessidade de estabilidade no emprego, boa remuneração, condições seguras de trabalho etc.

3 – Necessidades sociais: São necessidades de manter relações humanas com harmonia: sentir-se parte de um grupo, ser membro de um clube, receber carinho e afeto dos familiares, amigos e pessoas do sexo oposto.

No trabalho: Necessidade de conquistar amizades, manter boas relações, ter superiores gentis etc.

4 – Necessidades de estima: Existem dois tipos: o reconhecimento das nossas capacidades por nós mesmos e o reconhecimento dos outros da nossa capacidade de adequação. Em geral é a necessidade de sentir-se digno, respeitado por si e pelos outros, com prestígio e reconhecimento, poder, orgulho etc. Incluem-se também as necessidades de auto-estima.

No trabalho: Responsabilidade pelos resultados, reconhecimento por todos, promoções ao longo da carreira, feedback etc.

5 – Necessidades de auto-realização: Também conhecidas como necessidades de crescimento. Incluem a realização, aproveitar todo o potencial próprio, ser aquilo que se pode ser, fazer o que a pessoa gosta e é capaz de conseguir. Relaciona-se com as necessidades de estima: a autonomia, a independência e o auto controle.

No trabalho: Desafios no trabalho, necessidade de influenciar nas decisões, autonomia etc.

Aspectos a se considerar sobre a hierarquia de necessidades de Maslow

– Para alcançar uma nova etapa, a anterior deve estar satisfeita, ao menos parcialmente. Isto se dá uma vez que, quando uma etapa está satisfeita ela deixa de ser o elemento motivador do comportamento do ser, fazendo com que outra necessidade tenha destaque como motivação.

– Os 4 primeiros níveis destas necessidades podem ser satisfeitos por aspectos extrínsecos (externos) ao ser humano, e não apenas por sua vontade.

– Importante! A necessidade de auto-realização nunca é saciada, ou seja, quanto mais se sacia, mais a necessidade aumenta.

– Acredita-se que as necessidades fisiológicas já nascem com o indivíduo. As outras mostradas no esquema acima se adquirem com o tempo.

– As necessidades primárias, ou básicas, se satisfazem mais rapidamente que as necessidades secundárias, ou superiores.

– O indivíduo será sempre motivado pelas necessidades que se apresentarem mais importantes para ele.

Críticas à teoria das necessidades de Maslow

Com em toda teoria, há sempre aqueles que não concordam com ela em parte ou totalmente. Os críticos desta teoria afirmam que nem todas as pessoas são iguais e, por isso, um aspecto que se mostra como uma necessidade para uma pessoa, pode não ser para outra. Outras críticas dão conta de que esta teoria analisa o desenvolvimento das pessoas, mas não considera em nenhum momento o incentivo dado pela organização.

Há quem diga, também, que Maslow contemplou as necessidades do indivíduo em uma ordem muito rígida, sem a possibilidade de inversão ou troca de necessidades. Mas nenhuma destas críticas descaracterizam a teoria ou a tornam menos atual que as demais, apenas nascem de algumas confusões que são feitas com a definição de “necessidade”, muitas vezes confundida com “desejo” ou “vontade”.

Outras necessidades adicionais

Dentre muitos estudos e análises, Maslow identificou duas necessidades adicionais à pirâmide de necessidades já criada. Estas novas descobertas que davam conta das pessoas que já possuíam todas as necessidades satisfeitas (pouquíssimas pessoas) foram chamadas de cognitivas. São elas:

– Necessidade de conhecer e entender: Está relacionada com os desejos do indivíduo de conhecer e entender o mundo ao seu redor, as pessoas e a natureza.

– Necessidade de satisfação estética: Está relacionada às necessidades de beleza, simetria e arte em geral. Ligada à necessidade que o ser humano tem de estar sempre belo e em harmonia com os padrões de beleza vigente.

53 COMENTÁRIOS

  1. A hierarquia de necessidades de Maslow – O que é e como funciona « FICS – CONTÁBEIS 1°

    […] Sobreadministracao.com CategoriasAdministração LikeBe the first to like this post. Comentários (0) Trackbacks […]

  2. Nem tudo que queremos podemos conquistar. por esse motivo entre outros,o que posso acrescentar a essas necessidades é a simples necessidade de sentir-se bem. Mesmo estando triste,por não ter conseguido tudo aquilo que um dia no passado teria sonhado ,ou tendo tantos planos que não tiveram o resultado que foi esperado…

  3. Boa noite!

    Gustavo,
    Excelente artigo! adoro esse canal, tendo em vista a Riqueza de Informações que são passadas frequentemente ao leitor. Parabéns e sucesso sempre.

    Atenciosamente,
    Alex Sandro Alves Miranda

  4. Muito bem planejada. Quem tem a sorte de fazer parte( está usufruindo) de todas as necessidades relacionadas na pirâmide das necessidades, chegou na plenitude da vida terrena.

  5. Parabéns pelo artigo. Por favor, indique as referências bibliográficas onde eu possa aprofundar o entendimento da teoria das necessidades.

  6. Alguém pode me explicar melhor sobre “A teoria da Hierarquia das Necessidades e a Teoria dos Dois Fatores?

  7. Eu acho muito interessante o blogs, de facto concordo na importância da gente se informar mais acerca dos factores higiénicos motivacionais na instituição a qual pertencemos. Adorei tudo o que vi aqui principalmente sobre a teoria de Ma slow e a pirâmide das necessidades básicas individuais.

  8. Referência: PERIARD, Gustavo. A hierarquia de necessidades de Maslow – O que é e como funciona. 2011. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2017.

  9. PERIARD, Gustavo. A HIERARQUIA DE NECESSIDADES DE MASLOW – O QUE É E COMO FUNCIONA. 2011. Sobre Administração. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2017.

  10. Gostei muito do texto.
    Tenho uma dúvida: É constatado que as pessoas de uma empresa gostam de ser desafiadas,gostam de coisas novas,isso às motiva. Você acha que essa parte de desafios está relacionada mais à estima ou a autorrealizaçao? Já que ambas são interligadas,e visam o desenvolvimento pessoal e profissional.

  11. Ainda segundo a teoria de Maslow, um indivíduo que vive em um estado do Brasil muito pobre decide ir a outro estado em busca de uma melhor perspetiva de vida e se muda para São Paulo, ao chegar se depara com grandes dificuldades ao chegar mais depois de sofrer sem ter um trabalho e lugar pra morar e compra o sustento acaba arrumando uma moradia e também emprego num bairro razoável, agora sua preocupação é se estabilizar no emprego e quem sabe com muito trabalho virar líder.

  12. Para Maslow, o ser humano esforça-se para satisfazer as suas necessidades pessoal. Hierarquizando as necessidades por níveis do mais baixo ao mais alto.Tambem dividiu as necessidades primárias e secundárias. Sendo que as primárias e que mantém o ser humano vivo que são as fisiológicas. Não menos importante as secundárias segundo Maslow são aquelas sociais. Como segurança, auto realização , auto estima..etc

  13. Para Maslow as necessidades basicas do ser humano são importantes para satisfazer as suas vontades pessoais. Também hierarquizou as necessidades por primárias e secundárias. Sendo que as necessidades primárias são aquelas que nos mantém vivos que são as fisiológicas. E as secundárias são as necessidades sociais.

  14. Conforme a Hierarquia das necessidades de Maslow, as necessidades humanas assumem formas e expressões que variam conforme indivíduo e fundamentam-se nos seguintes aspectos. Assinale o aspecto que não está relacionado a esta afirmativa:

    Somente quando um nível inferior de necessidades está satisfeito é que o nível imediatamente mais elevado surge no comportamento da pessoa

    O comportamento motivado funciona como um canal através do qual as necessidades são expressas ou satisfeitas

    Quando alguma necessidade de nível mais baixo deixa de ser satisfeita, ela volta a predominar no comportamento

    Cada pessoa possui sempre mais de uma motivação, que atuam conjuntamente no organismo, sendo que as mais elevadas atuam sobre as mais baixas

    Todas as pessoas conseguem chegar ao topo da pirâmide de necessidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here