Administração Pública – Conheça esta carreira

Também conhecido como Gestão de Políticas Públicas ou Gestão Pública, o curso de Administração Pública exige que o profissional da área tenha conhecimento amplo em gestão empresarial, ciências sociais, relações internacionais, diplomacia e direito. Esta profissão também exige boa capacidade de negociação, articulação com várias organizações e de tomadas de decisões.

Diferentemente do curso de Administração de Empresas, este curso tem um campo de atuação voltado para a coisa pública, criando e defendendo políticas públicas e intermediando as relações entre as empresas e o governo. Envolve as atividades de gestão na esfera pública, derivando daí as diferenças fundamentais de formação das duas carreiras, que veremos adiante.

Sobre o curso de Administração Pública

O curso é indicado para pessoas que gostem de relações humanas, de resolver problemas e propor soluções para o bem público comum, lidar com comunidades e interesses públicos etc. A graduação, com quatro anos de duração, aborda em sua grade educacional aspectos como: ciências sociais, políticas públicas, questões internacionais etc.

A graduação tem muitas disciplinas que são comuns também aos cursos de Administração tradicionais, como: matemática, estatística, economia, administração financeira, contabilidade, recursos humanos, sistemas de informação e direito. A principal diferença fica mesmo por conta do objeto a ser administrado.

Neste curso, você estudará matérias importantes como: finanças para administradores públicos, gestão de pessoas no setor público, contabilidade pública e controladoria, qualidade e produtividade dos serviços públicos entre outras.

Campo de atuação

O administrador ou gestor público está habilitado a trabalhar em órgãos públicos do governo federal, estadual ou municipal, em ONGs, agências reguladoras, fundações empresariais com políticas de responsabilidade social, concessionárias de serviços públicos e organizações internacionais, entre outras. Podendo trabalhar também na elaboração de programas governamentais e políticas públicas, por exemplo.

O gestor público pode, também, vir a se tornar um político (Prefeito, Deputado, Senador etc), ou mesmo um assessor político em alguns casos. Não necessariamente você precisar ser um, mas este é, sem dúvida alguma, um dos grandes rumos que sua carreira pode tomar ao cursar Administração Pública.

É possível também que o profissional desta área atue como consultor em assuntos governamentais.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho do profissional de Administração Pública é muito dinâmico e exige cada vez mais gestores públicos capacitados para enfrentar os desafios da profissão, com capacidades diversas, que sejam sempre inovadores e com perfil de empreendedores. Tudo graças ao crescimento e desenvolvimento rápido do mercado, que mudou o cenário da profissão nos últimos anos.

A demanda por este tipo de profissional tende a crescer ainda mais nos próximos anos, demandando mão-de-obra bem qualificada e que saiba conciliar interesses entre o público e o privado, e gerir grandes organizações em momentos de crise.

Salário

A média salarial do gestor público varia bastante de organização para organização. É possível encontrar Administradores Públicos recebendo remuneração em torno de R$ 10 mil a R$ 11 mil em órgãos federais. Já em fundações empresariais, por exemplo, os salários podem chegar a R$ 7 mil. Tudo dependerá do tamanho da organização, da região em que está inserida e dos desafios que o profissional encontrará pela frente.

E você, tem interesse em atuar nesta área? Conhece alguém que trabalhe com Administração Pública? Compartilhe suas experiências, participe deste post, deixe um comentário abaixo.