Standard & Poor’s eleva Brasil a categoria de grau de investimento

A agência de classificação de risco Standard & Poor`s elevou há pouco a nota de crédito (rating) da dívida externa e de longo prazo do Brasil de BB+ para BBB-. Com a elevação, o país entra para o grupo de países considerados de baixo risco, chamado de grau de investimento, ou investment grade.

Aguardada há alguns anos pelo governo e por agentes do mercado financeiro, a notícia foi vista com surpresa pelo mercado, já que não era esperada ainda neste primeiro semestre. Com isso, a Bovespa deu um pulo logo após a divulgação e subiu de 1,3% para cerca de 4% logo em poucos minutos. Mas a disparada continuou e o Ibovespa bateu recorde histórico .

O principal benefício de o país se tornar investment grade é atrair grandes investidores institucionais de países desenvolvidos que, por regras dos seus estatutos, só podem investir em ativos considerados de baixo risco.

Um dos motivos que levaram o país a atingir tal classificação foi já ter reservas suficientes para pagar a dívida. Em fevereiro, o governo anunciou que o Brasil tinha passado a ser credor externo. Ou seja, todos as reservas internacionais e ativos que o país possui, são maiores que a dívida externa tanto dos governo ou de empresas. Isso ocorreu em janeiro, segundo a autoridade monetária, devido ao fortalecimento das reservas internacionais.

Já naquela época o ministro Mantega já dizia que o país estava próximo ao grau de investimento .

FONTE: Valor Online/OGlobo

2 COMENTÁRIOS

  1. Classe média encerrará o ano com poder aquisitivo de R$ 500 bi, diz Mantega | GWTR Portal

    […] Brasil recebe grau de investimento […]

  2. […] Brasil recebe grau de investimento […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here