expomanagement 2009

Hoje, dia 30 de novembro, teve início a Expo Management 2009. O maior evento de Management da América Latina. O nível dos palestrantes, como sempre, um show a parte e o grande atrativo do evento. Hoje, no primeiro dia, tivemos as presenças de Christie Hefner, Claudio Fernández-Aráoz, Ira Jackson, Jack Welch e Venkat Ramaswamy, você vai saber um pouco mais deles nas próximas linhas.

A Expo Management é composta pela feira de exposição, onde várias empresas das áreas de Recursos Humanos, Negócios, Tecnologia, Marketing e Educação se reúnem para mostrar um pouco mais de seus produtos e serviços. O acesso a feira, é gratuito. Além da feira, existem as palestras paralelas com ótimos palestrantes e um conteúdo de deixar qualquer um de queixo caído.

No dia de hoje, tive a oportunidade de participar de uma palestra paralela, no auditório 02, espaço da Symnetics, muito produtivo e descontraído com André Ribeiro Coutinho, Filipe Cassapo, Ailton de Salles Pupo, Julio Negreli e Luli Radfahrer que também vou descrever um pouco para vocês depois. Já no pavilhão, as primeiras impressões ao entrar no local foram as melhores possíveis. A organização deixou transparecer um raro profissionalismo onde os responsáveis estavam muito bem preparados e atendendo a todos, sem exceção, com muita cordialidade. Logo subi e fui para sala de imprensa onde fui recebido de forma muito agradável. De lá era possível acompanhar as palestras do auditório principal com tradução simultânea mas eu, claro, desci e fui conferir o evento diretamente no auditório e vou contar como foi…

Christie HefnerA primeira palestra, com Christie Hefner me deixou apaixonado logo de início. Filha do excêntrico Hugh Hefner, uma mulher forte, com dicção perfeita, que sabe se expressar e pra mim, naquele momento ficou claro como uma mulher conseguiu a façanha de tornar a Playboy em uma das maiores marcas do mundo. Christie Hefner falou sobre como transformar uma marca em ícone. Com muita propriedade pois durante mais de 20 anos Christie elevou a Playboy a um patamar inimaginável para uma simples revista masculina. Com todo o mérito, foi eleita por 3 anos consecutivos pela Forbes uma das “100 mulheres mais poderosas do mundo”. O foco da palestra foram as adaptações necessárias para ampliar e estender a sua marca de forma coerente.

Christie mostrou como a inauguração do canal da Playboy na TV teve um foco diferente da revista, que focava o público masculino a principio. A Playboy TV foi desenhada para atingir casais, e o resultado foi um grande sucesso já que hoje mais de 75% do público da Playboy TV são casais que assistem a programação juntos. Depois da TV a Playboy foi a revista pioneira na Internet nos anos 90 e novamente, fez um grande sucesso adaptando o conteúdo para o estilo do usuário, com conteúdos exclusivos e diferenciados da revista e da TV. É tudo sobre o consumidor no final das contas. Outra forma que a Playboy conquistou um grande sucesso foi através do licenciamento de sua marca, onde ela conseguiu arrecadar mais de 1 bilhão em vendas no varejo ao redor do mundo.

Christie deu uma aula de branding carregando um forte fator emocional que se torna inerente a marca e a pessoa que a representa. A estratégia de Christie foi um sucesso e hoje a Playboy busca estreitar ainda mais a experiência com os seus usuários através de uma aproximação da marca que fique tangível no seu dia-a-dia.

Claudio F AraozEm seguida houve uma palestra com o Cláudio Fernández-Aráoz, falando sobre “Como tomar decisões certas sobre pessoas”. Cláudio, autor do livro Grandes Decisões sobre pessoas, que eu fiz questão de pegar o seu autógrafo, é um grande consultor glogal em executive search, elogiado pela BusinessWeek e autor de vários artigos para a Harvard Business Review é formado em engenharia e obteve o MBA com mérito pela Stanford University. A palestra foi interessante pois trouxe à nossa visão a importância de estarmos sempre atentos as decisões que tomamos que envolvem capital humano. Cláudio enfatiza como um líder pode afetar no desempenho de uma empresa de de como são os profissionais de alto desempenho são muito produtivos e ao mesmo tempo muito difíceis de se encontrar.

Além disso, enfatizou a busca pela Inteligência Emocional e mostrou como ela esta relacionada ao fracasso ou sucesso. Mostrou também como é desafiador encontrar talentos e encontrar o equilibrio correto no momento da contratação. E nos questionou sobre contratar uma profissional de fora da empresa ou de dentro, o que seria melhor? A resposta foi que em tempos de crise é melhor contratar um interno visando manter o nível do time de confiança e ao mesmo tempo servindo como fator motivacional e quando as coisas não estão bem, convidar alguém de fora, para que sirva de fator de mudança e para cargos de cúpula, sempre considerar os dois lados. No final, Carlos propõe que nós comecemos a nos preocupar em treinar e aprender a tomar grandes decisões sobre pessoas, e nos deixa um caminho a ser seguido que envolve avaliar o trade-off de oportunidade, treinar/reter os talentos que estão em cargos de gerência, adotar uma nova mentalidade, diminuir a burocracia e utilizar as melhores práticas no dia-a-dia.

Após a palestra do Cláudio, Ira Jackson, da Drucker School teve uma breve passagem de 15 minutos para relembrar do centenário de Peter Drucker e nos mostrar como seus ensinamentos continuam vivos e fez uma proposta para que todos nós, como sociedade, pessoas e empresas pudessemos reassumir um compromisso de seguir os ensinamentos que Drucker, de forma tão genial, nos deixou. Ele citou empresas como Google e Toyota que utilizam os métodos de Drucker e criticou a crise atual e colocou a culpa na má gestão americana de uma forma geral. Foi uma breve porém marcante passagem.

Jack WelchPosteriormente Jack Welch nos deu a honra de sua presença via video-conferência exclusiva para falar sobre como “Administrar com foco no Essencial e nos Resultados”. Para que não conhece, Jack Welch é um dos CEOs mais respeitados em todo o mundo. Ele iniciou e consolidou sua carreira na GE (General Eletric) e durante a sua gestão o valor de mercado da GE subiu de 13 bilhões para 400 bilhões de dólares, nada mal hein? Hoje ele é um consultor renomado e seus artigos são publicados em mais de 45 revistas e jornais ao redor do mundo. Mestre em Ciências pela Universidade de Massachusetts, mestre e Ph.D em Eng. Química pela Universidade de Illinois, é uma lenda viva. Jack Welch falou muito sobre termos uma missão e abordou diversos aspectos sobre o Brasil durante seu discurso. A palestra de Welch foi bem complexa e vale a pena uma análise mais profunda posteriormente, não deixe de acompanhar aqui no Sobre Administração.

Venkat RamaswamyFinalizando o dia, Venkat Ramaswamy, PhD em Administração, autor de artigos para a Harvard Business Review e autor do livro O futuro da competição: como dsenvolver diferenciais inovadores em parceria com os clientes. Um livro que de acordo com a BusinessWeek foi um dos dez melhores do ano de 2004. Ele nos trouxe uma lição sobre “Como liberar o poder da co-criação de valor com o cliente para inovar o futuro de sua empresa”. A proposta de Venkat, a principo é utilizar o usuário como agente de co-criação para o negócio com o idela de criar valor para a a empresa. Ele trabalhou com cases da Nike com o Nike+, Starbucks com o MyStarBucksIdea.com, o SENAI do Brasil entre vários outros. Em todos os cases os usuários exerciam uma participação fundamental no processo de execução dos produtos, levando o usuário a uma nova experiência e compromisso com a empresa. Ventak finalizou propondo que não só o usuário, o consumidor deve ser utilizado no processo de criação mas que os ecossistemas que envolvem o processo devem ser cocriados, a rede de negócios, de ofertas de produtos e serviços, da gestão do desempenho, das mudanças e da governança, da própria estratégia e até mesmo a gestão das inovações devem ser co-criadas. Enfim, co-criar todo o processo da empresa adicionando vivência humana e gerenciando os riscos sempre proporcionando algo único e exclusivo para o usuário. Maravilhoso o conteúdo do Ventak.

No auditório 02 da Symnetics, uma palesra paralela sobre Inovação, o formato foi o de Talk Show e achei fantástico. Todos os envolvidos André Ribeiro Coutinho, Filipe Cassapo, Ailton de Salles Pupo, Julio Negreli e Luli Radfahrer deram contribuições preciosas sobre inovação e eu sai de lá com a grande lição de que a inovação não precisa ser extraordinária, não requer grandes investimentos e não é exclusiva de pessoas super inteligentes, foi um tempo muito divertido onde houve uma participação considerável da platéia no local e com muito bom humor. Quem estava com sono, como certeza saiu de lá bem acordado.

Bom, por enquanto é só, este é o resumão do primeiro dia, é claro que falta dizer muita coisa mas fica impossível relatar tudo num espaço de tempo tão curto, não deixem de acompanhar mais novidades e muito mais conteúdo aqui no Sobre Administração.

Gostaria de agradecer a HTC do Brasil em especial por estar me patrocionando também e por demonstrar que é uma empresa que valoriza o jornalismo alternativo nos blogs do Brasil. Que outras empresas possam se espelhar na HTC.

Abraços,
Estêvão Soares

ACESSE: www.expomanagement.com.br

Artigo anteriorPrograma de Trainee Ci&T
Próximo artigoPrograma de Trainee Abril 2010
Este artigo foi escrito por um colaborador do blog Sobre Administração. Você quer ter seus trabalhos publicados aqui também? Envie para contato@sobreadministracao.com Avaliaremos e, assim que possível, publicaremos aqui. Obrigado.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here