Este é o terceiro post da série especial “Como montar um plano de negócios” do blog Sobre Administração. Seu objetivo é explicar passo-a-passo como planejar e montar um plano de negócios de forma clara e objetiva. Ajudando você a ter sucesso em seu novo negócio.

Recomendo que você leia a primeira e a segunda parte da série especial para uma melhor compreensão. Tome nota!

4.2 Empreendedores

4.2.1 Perfil dos Sócios

Caso você possua sócios em seu negócio, este é o momento de apresentá-los. É necessário criar um perfil individual de cada um deles (inclusive o seu), com informações como formação profissional, habilidades, qualificações técnicas, experiência profissional etc.

As informações disponibilizadas aqui serão de grande importância aqui, porém tome cuidado para não se estender demais no tema. Caso queira mostrar os currículos dos sócios, faça-o em anexo, desta forma a sua análise será facultativa para o leitor.

5 Estratégia de Negócio

Caso você tenha esquecido, seu negócio precisa de uma estratégia clara e sólida para sobreviver à guerra mercadológica. Ter apenas um produto ou serviço bonito e funcional não garante o sucesso de sua empresa, é preciso saber como posicioná-lo no mercado frente a seus clientes e concorrentes.

É preciso conhecer o mercado, o que o cliente necessita e espera do seu produto, além de informações como o preço que ele pode pagar e como o produto chegará até ele no tempo desejado. É preciso saber como o mercado se comporta para planejar sua estratégia de reposicionamento, caso seja necessário.

Assim, o empreendedor deve conhecer o mercado em que está inserido para planejar melhor sua estratégia empresarial. Deve conhecer as ameaças e oportunidades, bem como os pontos fortes e fracos de sua empresa. Tudo isto a fim de garantir a melhor atuação possível para sua empresa frente às variações mercadológicas apresentadas em sua área de atuação.

5.1 Ameaças e Oportunidades

É de extrema importância que o empreendedor saiba quais são as possíveis ameaça ao seu negócio. Quais são os fatores ambientais que podem comprometer a atuação de sua empresa a curto ou longo prazo. Após conhecer e registrar tais ameaças, é preciso traçar estratégias para superá-las no decorrer do tempo, se antecipando aos fatos e se preparando para não ser surpreendido e presenciar um possível fracasso de sua empresa.

As oportunidades também precisam ser identificadas para que a empresa possa planejar as ações para um melhor aproveitamento de tais oportunidades. Esta ação, se bem gerenciada, constitui uma vantagem competitiva importante para o empreendedor frente aos seus concorrentes.

Um ponto interessante que o empreendedor precisa ter em conta é que as oportunidades mal aproveitadas ou não identificadas adequadamente também podem se tornar ameaças para empresa. Uma vez que seus concorrentes podem percebê-las primeiro e gerar uma competição em que sua empresa não estava preparada para participar, deixando-a em desvantagem e correndo o risco de perder clientes e mercados importantes. Fique atento!

5.2 Pontos fortes e fracos

O empreendedor precisa conhecer melhor sua empresa internamente para poder identificar corretamente quais são seus pontos fortes e fracos. Detalhes como qualificação dos funcionários, políticas salariais, parceiros, recursos e pessoal disponíveis etc. Assim, poderá saber do que sua empresa é capaz e onde ela pode chegar com as próprias forças.

Esta análise, em geral, é feita juntamente com as ameaças e oportunidades através da ferramenta de análise denominada SWOT – Strenghts, Weaknesses, Opportunities and Threats. Onde é possível registrar os itens pesquisados de tal forma a usá-los combinados ou separadamente, facilitando o trabalho de análise do empreendedor.

Caso queira mais informações leia: Oportunidades que nascem de ameaças

5.3 Objetivos

Explicite neste item o que, exatamente, a empresa quer conquistar. De forma clara, objetiva e de forma mensurável. Responda perguntas do tipo: Qual a participação de mercado desejada? Quanto pretende crescer em um ano? Quanto pretende faturar neste período? E demais perguntas que mostrem o que o empreendedor pretende alcançar com a abertura ou manutenção desta empresa.

5.4 Estratégias

Após definir quais são as ameaças e oportunidade de sua empresa, levando em consideração o ambiente externo; e depois de conhecer os pontos fortes e fracos de sua empresa, analisando seu ambiente interno, se faz necessário definir as estratégias do negócio. A empresa precisa conhecer os caminhos que a levarão ao atendimento de seus objetivos e metas.

A definição da estratégia da empresa funciona como a modelagem do barro por um artesão. É ela que definirá a postura da organização frente ao mercado, concorrentes e clientes. Por isso, precisa ser meticulosamente analisada, revisada e definida pelo empreendedor e sócios.

É com base nas estratégias da empresa que são definidos os planos de ação internos (plano de marketing, financeiro, de produção etc.), elucidando as estratégias operacionais, os investimentos no crescimento da empresa, as formas de capitalização, as parcerias que serão estabelecidas, o comportamento frente aos clientes internos e externos, entre outros.

Com a estratégia bem definida o empreendedor terá a oportunidade de conhecer amplamente sua empresa, poderá mostrar a visão que tem do negócio e as formas como ele pretende alcançar o sucesso empresarial. Tudo para que seu plano de negócios seja o mais completo possível.

No próximo post da série você aprenderá como mostrar em seu plano de negócios o plano de marketing, planejamento e desenvolvimento do projeto entre outros. Não deixe de acompanhar!

8 COMENTÁRIOS

  1. estou participando do desafio sebrae e faço adminstraçao e quero saber um pouco a mais do desafio…obrigado!

  2. Sou aluno de administração, estou tentando entender a questão das ameaças e oportunidades; pontos fortes e pontos fracos do ambiente de negócios.

  3. […] Como criar e montar um Plano de Negócios – Parte 3 […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here