fbpx
Home Administração O que você precisa saber para criar um logo profissional para sua marca

O que você precisa saber para criar um logo profissional para sua marca

1
O que você precisa saber para criar um logo profissional para sua marca

Um logo serve para identificar ou representar uma entidade (empresa, instituição, produto ou serviço). Ele pode ser considerado como uma assinatura empresarial, uma representação gráfica e estética de uma marca, capaz de fazer com que ela se destaque e se torne única. Assim como nossa assinatura, o logotipo torna o padrão visual de algo reconhecido e capaz de se diferenciar dos demais.

Se você quer criar um logo mas ainda não sabe como, acompanhe o texto abaixo, onde eu enumerei 5 coisas que você precisa saber antes de criar o logo de seu produto ou empresa. Acompanhe:

Criação de logotipo

1- Conheça seu cliente: Como os seus clientes se comportam? O que eles realmente buscam ao comprar o seu produto? Por exemplo, uma mulher que compra um produto de beleza na verdade não quer somente aquele produto, mas sim os resultados e a beleza que ele pode lhe proporcionar. Todas essas percepções serão importantes no processo de criação de seu logo, pois para sua marca criar empatia com seu público, ela precisa realmente “falar” a língua deles.

2- Conheça sobre a psicologia das cores: a cor do seu logo vai influenciar totalmente a percepção do seu consumidor. Existem estudos que mostram que as cores são capazes de transmitir algumas sensações diferentes e estas sensações podem ser usadas também em estratégias de marketing e na criação de logos. Vejam alguns dos significados das cores e como elas podem influenciar a percepção de seu logotipo pelas pessoas:

Psicologia das cores

Vermelho: O vermelho é uma das cores mais simbólicas do mercado, pode significar cor da paixão ou da fome. Percebemos que essa cor tende a estimular a ação, pois é uma cor quente e que chama muita atenção.

Laranja: Sendo uma cor derivada do vermelho, o laranja tem características muito alegres e estimulantes, acabando por despertar também o desejo de ação do usuário. Em relação ao vermelho, o laranja acaba tendo a vantagem de ser mais agradável aos olhos, menos agressivo.

Amarelo: Geralmente é usado para sinalizar situações onde é preciso ter cuidado e atenção. E em muitos casos, ajuda na concentração de quem está dentro de um determinado ambiente, além de estimular o intelectual e sugerir animação.

Verde: O verde, como já imaginado, tem grande referência quando o assunto é natureza e meio ambiente. No entanto, seu significado não acaba por aí! Ele também é capaz de trazer sensações de equilíbrio, harmonia, saúde e frescor ao ambiente.

Azul: O azul claro, assim como o verde, traz a sensação de higiene e frescor para o espectador. Além disso, é uma cor capaz de estimular a criatividade em um ambiente e transmitir a sensação de sucesso e conquista. Já o azul escuro é mais sóbrio e reforçam a sensação de poder e confiança. Tem como característica a capacidade de levar segurança e tranquilidade para as pessoas.

Violeta: O violeta, historicamente conhecido como cor da realeza e nobreza, também pode ser associado a calma, respeito e sabedoria. Muitas pessoas, inclusive, utilizam o violeta como uma forma de fazer menção à espiritualidade.

Branca: Uma das cores mais neutras da paleta, o branco é denominado como “cor pura”, sendo capaz de transmitir a sensação de tranquilidade, limpeza e organização.

Preto: O preto é a cor mais poderosa e neutra. Tende a ser associada à elegância e força.

3- Você não precisa gastar rios de dinheiro: Se você acha que é muito difícil criar um logo e que terá que gastar muito dinheiro para contratar alguém para realizar este processo, saiba que isso não é necessário. Você mesmo pode criar o seu logo em passos simples! Hoje existem ferramentas como o Criador de logo Wix onde você consegue fazer vários experimentos e criar seu próprio logo em poucos minutos!

Logotipos

4 – Um logo não necessariamente precisa ser algo mirabolante: Pense que muitas vezes menos é mais! Pense que quanto menos complicado, mais fácil será dele ser memorizado pelas pessoas. Você precisa verificar também o quanto ao logotipo que está criando é atemporal. Ou seja, depois de 10 anos o logotipo ainda se conectará com as pessoas ou ela foi criada com base em modismos de fontes e imagens atuais?

5 – Analise a versatilidade: Pense onde seu logo será exibida e analise como ela se comporta em diferentes telas, materiais, impressões. Caso, por exemplo, seu logotipo seja bonito em um site mas se torne ilegível quando aplicado em um cartão de visitas, é melhor investir mais tempo na criação de uma versão que seja impactante em todos os materiais e canais de veiculação desejados.

Tenho certeza que se levar em consideração os cinco pontos levantados acima você conseguirá fazer a criação de seu logo de forma muito mais coesa com o resultado que quer alcançar. Lembre-se que ele é um dos principais elementos de uma identidade visual e pode com certeza fazer com que seu produto ou empresa ganhe ainda mais destaque.

Previous article O que é uma hospedagem web confiável? Como fazer uma boa escolha?
Administradora de empresas formada pela Universidade Federal Fluminense - UFF. Possui mais de quinze anos de experiência no mundo corporativo tendo trabalhado em áreas como Planejamento, Logística e Suprimentos. Atua como Analista de Planejamento de Materiais na área de Supply Chain em uma empresa multinacional, onde também é Auditora Interna da Qualidade.

1 COMMENT

  1. Bom dia, Cláudia!

    Tenho acompanhado seus artigos nesse blog, tem sido de grande valor para mim, pois tenho aprendido muito com seus escritos. Quero agradecer e lhe incentivar a continuar a está escrevendo seus bons artigos.

    Abraços a toda a equipe!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here