Olá, leitores! Que tal nos seguir também no Instagram (@sobreadm)? 🙂

Monografia é sempre um tema muito pedido por nossos leitores estudantes, afinal de contas, poucas coisas são capazes de nos tirar tanto o sono quanto a temida produção de um TCC.

Se você está passando por isto neste momento ou já está se preparando para os próximos períodos, não deixe de ver o conteúdo super completo criado pelo Sobre Administração  que já ajudou milhares de pessoas a conquistar sua Monografia nota 10 : o e-book “Como fazer uma monografia de sucesso“!

Dando continuidade a este assunto, montamos uma lista sobre algumas falhas comumente encontradas em monografias. Fiquem atentos e fujam delas!

Erros de português

Erros ortográficos, de concordância e pontuação em uma monografia podem ser considerados imperdoáveis, pois denotam desleixo por parte do aluno, uma vez  que presumimos que o aluno revisou a escrita várias e várias vezes ao longo da construção do trabalho e deixou passar erros importantes.

Por isso, não confie somente em sua memória. Revise incansavelmente e em caso de dúvidas não exite em consultar gramáticas atualizadas e o dicionário, além de profissionais da área que possam te auxiliar com uma revisão mais detalhada do seu trabalho, caso seja possível.

Escrita em primeira pessoa

Na escrita acadêmica os textos são sempre impessoais e nunca deve ser usada a primeira pessoa. Mesmo que de fato seja uma opinião ou intenção pessoal, não formule as frases usando o pronome “eu”. Utilize sempre a forma impessoal: pretende-se, pesquisou-se, entende-se, etc.

Uso de linguagem imprópria para texto acadêmico

Esqueça o uso de gírias e de expressões muito coloquiais. Uma boa prática para identificar o “tom” correto do tipo de escrita acadêmica é fazer a leitura de outros trabalhos acadêmicos para familiarizar-se com a linguagem utilizada neste tipo de trabalho.

Tão bom quanto ter um ótimo tema para sua monografia é escrevê-la de forma adequada e formatada para os padrões utilizados em trabalhos acadêmicos.

Referências usadas e não citadas no texto

Além do perigo de usarmos ideias sem registrar os devidos créditos (também conhecido como plágio), um outro cuidado que precisamos ter é revisar as referências bibliográficas da sua monografia, pois citar uma referência que não está inserida em seu trabalho poderá lhe gerar questionamentos da banca avaliadora.

As referências bibliográficas são sempre usadas para ilustração e confirmação de sua pesquisa, por isso também exigem muita atenção por parte do aluno.

Erro da sequência lógica nos parágrafos

Quando estiver redigindo seu texto, pense sempre em quem estará lendo posteriormente. As ideias estão claras? A ordem dos parágrafos respeitam uma sequência lógica? É possível fazer uma compreensão rápida do seu texto sem precisar ficar voltando ao início do texto para entendê-lo plenamente?

Um erro comum é o aluno dar saltos no texto, mudar de assunto repentinamente e depois voltar ao assunto anterior, tornando o seu trabalho por muitas vezes sem sentido.

Esteja atento a clareza e coesão da estrutura de suas ideias. De preferência, faça um roteiro antes de escrever e nele liste cada tópico e os assuntos que quer desenvolver dentro de cada um deles.

Textos sem lógica ou sem conclusão de ideias

Assim como o erro anterior, um erro muito comum na construção dos textos é a ausência de um parágrafo conclusivo para determinado item ou tópico.

Procure sempre conduzir o leitor por uma sequência lógica de ideias de forma que facilite o entendimento do texto e o direcione ao próximo assunto. Finalize sempre o assunto atual antes de passar para o próximo, facilitando a leitura e compreensão do seu trabalho de conclusão de curso.

Formatação ABNT

Não há como fugir, aluno! A formatação ABNT é obrigatória e deve ser respeitada plenamente. E é exatamente por isso que ela vale tantos pontos na avaliação de um trabalho acadêmico.

Revise os textos quantas vezes for necessário e não deixe de ter em mãos sempre um material de metodologia para consulta. Estude as regras ABNT e aplique-as ao seu trabalho de forma adequada.

Deixe nos comentários qual sua maior dificuldade na construção de sua Monografia!

Até o próximo post! 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here