Um fato é recorrente na história das pequenas empresas, muitas vão falir. Isso mesmo. Se não no primeiro ano, talvez nos próximos 2 a 5 anos. Infelizmente esta é uma realidade triste entre nossos empreendedores, mesmo ultrapassando todos os desafios para se iniciar o seu negócio, eles vão, na maior parte das vezes, encontrar o insucesso.

A maioria dos empreendedores vai culpar a falta de dinheiro pela falência, eu mesmo já ouvi muito isto, culpam a falta de capital de giro, as rupturas de seus fluxos de caixa, entre outros. Porém, acredito que apesar de muitos problemas serem ligados à questão financeira, existem outros tantos que podem levar uma empresa à falência. Por isso, neste artigo vou falar sobre alguns problemas que mais observo nas empresas hoje em dia, confira:

Falta de registros diversos dentro da empresa: Por mais que a burocracia seja vista como algo pejorativo, se bem conduzida e direcionada, ela se torna fundamental para uma gestão estratégica de seu negócio. Se você não possuir dados que possam gerar informações relevantes ao seu negócio, dificilmente poderá se antecipar a alguma demanda, estar pronto para uma oportunidade ou mesmo ter o mínimo de controle sobre seus processos e colaboradores.

Infra-estrutura maior do que o necessário: Esta realidade é muito comum em empresas em expansão. Onde a organização que começa a possuir mais capital do que esperava, começa a comprar ativos que até certo ponto não são tão necessários. Por exemplo, uma indústria de alimentos possui uma distribuição terceirizada, com o aumento dos ganhos e do volume das vendas, resolve adquirir uma frota própria, o que em muitos casos se mostra pouco eficaz, uma vez que este dinheiro poderia ter sido melhor aplicado em diversos outros lugares na empresa.

Não treinar constantemente os funcionários: Você nunca treina os seus colaboradores o suficiente, pois o mercado não é estático e sim dinâmico, e você deve acompanhar isto com capacitações constantes. É difícil uma empresa que possui uma filosofia de negócios orientada para a capacitação de seus colaboradores que não consegue se destacar no mercado, por mais caro e trabalhoso que pareça é sempre um ótimo investimento.

Mais importante que ter uma missão e visão é fazer sua empresa acreditar nela: Sua visão e sua missão não são apenas algo que você quer mostrar para os investidores, e sim algo que deve estar no DNA de seu negócio. Se sua missão não é compreendida e absorvida por seus colaboradores, então ela é falha, se você possui uma empresa que busca a satisfação total dos clientes, então isto deve estar de forma simples na missão de sua empresa e na cabeça dos funcionários, caso contrário ela também é falha. E uma forte filosofia baseada no real objetivo do seu negócio é uma ferramenta maravilhosa rumo ao sucesso, e sua ausência apenas vai lhe transformar em mais uma empresa perdida em meio a tantas outras por ai.

Estas foram algumas situações onde acredito que a empresa tem tudo para dar errado. Vão existir muitas empresas que cometem várias destas falhas e tem sucesso, mas não entenda este sucesso como mérito e sim como um provável acidente. Para um exemplo destes, existe outras milhares de empresas que buscam evitar isto e conseguem sucesso.

E vocês sabem de alguma outra pratica que deveria ser evitada? Conte para nós, comente!

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu acrescentaria:

    – não mensurar adequadamente quais os ganhos desejados: para colocar uma empresa para funcionar, qual o retorno que se quer ter?

    – Antes de treinar os funcionários, pensar que tipos de funcionários se quer ter? Habilidades, competências, atitudes e formação são muitas vezes mais importantes que a capacitação técnica que a empresa pode oferecer.

    Bruno Saavedra

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here