A rede social Facebook poderia abrir suas ações para cotação em bolsa de valores em abril de 2012, conforme um memorando que a empresa enviou a seus potenciais investidores, tal como revela nesta quinta-feira “The Wall Street Journal” em seu site.

A empresa, que está reunindo fundos para aumentar sua capacidade financeira, aponta nesse documento de 100 páginas que 2012 seria o ano escolhido para se transformar em uma companhia de capital aberto por meio da Comissão do Bolsa de Valores dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

O diário nova-iorquino detalha que a rede social prevê superar em 2012 o número de 500 acionistas, um limite que, se superado, obriga as companhias a informar sobre sua situação econômica à SEC, ainda que não cotem na bolsa.

No início desta semana, Goldman Sachs e Facebook surpreenderam os investidores de Wall Street ao se saber que tinham chegado a um acordo pelo qual a entidade financeira investiria US$ 500 milhões na rede social, junto ao grupo russo Sky Technologies, e administraria a entrada de outros investidores até arrecadar uma injeção de capital de US$ 1,5 bilhão.

Essa operação, que avaliava o Facebook em US$ 50 bilhões, fez soar os alarmes entre reguladores e analistas, que veem como as empresas especializadas em redes sociais estão entrando em uma possível bolha especulativa que escapa do escrutínio público, já que em sua maioria não têm capital aberto e nem obrigação de tornar públicas suas contas porque não têm mais de 500 acionistas.

Desse temor vem a importância do memorando, no qual, segundo “The Wall Street Journal”, fica claro que o objetivo do acordo entre Goldman Sachs e Facebook não era evitar prestar contas à SEC.

FONTE: EFE – Agência EFE e Terra.

3 COMENTÁRIOS

  1. […] Facebook estaria pronto para cotar na bolsa em abril de 2012 […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here