Recentemente, tem crescido o número de ofertas de emprego na modalidade home office. Embora muitas empresas desconfiam da eficácia dessa relação de trabalho, ela tem mostrado diversos benefícios para as partes envolvidas.

Por ser um assunto relativamente novo, ele causa certa insegurança para os responsáveis de RH, já que o funcionário não passa todo o tempo no espaço físico da companhia. A questão é que há várias formas de monitorar a produção e controlar as horas trabalhadas.

A tendência da jornada flexível está chegando às maiores corporações, por isso é necessário preparar o terreno para a demanda, sem ser pego de surpresa. Entenda porque é importante para uma empresa ter oportunidades remotas.

Redução de custos

Instituições com vagas 100% home office economizam na locação de espaço, compra de mobiliário e equipamentos. No caso do emprego remoto parcial, a redução de gastos se dá na energia elétrica, luz, telefonia e limpeza. Para quem não possui alto capital inicial ou precisa controlar o orçamento para lidar com a crise, vale a pena apostar em tais medidas.

E para quem se pergunta sobre as reuniões de equipe, a tecnologia traz uma solução eficaz: as apresentações feitas pelo computador. Com o uso de ferramentas para webinar, o líder se comunica com o time, tendo suporte para envio de imagem da webcam e exibição de documentos como PowerPoint e Word.

Melhora na produtividade

O trânsito das grandes cidades é um fator que gera estresse no dia a dia do trabalhador. Para quem depende do transporte público, a situação é bem pior. Várias horas são perdidas no deslocamento de casa até a empresa, o que compromete e muito a produtividade e motivação.

Quem atua em casa pode dormir mais, passar mais tempo com a família e se preocupar menos com o horário de entrada e saída, já que não há imprevistos, como um engarrafamento, por exemplo.

Retém os grandes talentos

De acordo com reportagem da revista Exame, pessoas das gerações X e Y preferem empresas com trabalho remoto, seja ele parcial ou total. Portanto, organizações com empregos home office têm mais vantagem competitiva para manter um bom time em seu quadro.

Mão de obra mais acessível

Em certas localidades, o custo para manter os empregados é alto. Ao optar pelo trabalho remoto, a instituição pode contratar pessoas de todo o país, com salários que se ajustem à folha de pagamento.

Outra possibilidade é escolher freelancer para áreas com menor demanda e projetos pontuais. O prestador independente traz resultados e dispensa a contratação a longo prazo, servindo para cobrir uma necessidade ocasional.

Conclusão

Lembre-se também dos prós e contras do home office. Assim como a modalidade presencial, ele tem algumas desvantagens, que devem ser analisadas de acordo com seu negócio. O período de transição deve ser bem pensado para evitar impactos na produção, educando os colaboradores para se adaptarem à jornada remota.

O espaço na casa do funcionário deve ser avaliado, já que nem sempre a residência possui um local adequado para a instalação do escritório. O barulho é um adversário e tanto para a concentração. A presença de outras pessoas no ambiente também pode atrapalhar a rotina, elas devem se conscientizar que interrupções não devem ocorrer.

Ficou com vontade de implementar o modelo de trabalho remoto em sua empresa? Deixe seu comentário sobre o assunto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here