Intraempreendedorismo – Guia completo

14
515 Flares 515 Flares ×

A concorrência entre as empresas nos dias de hoje tem aumentado a uma velocidade incrível. Todos os dias entram no mercado centenas de novas empresas, boa parte delas cheias de novas idéias, empreendedores dedicados e muito dinheiro para investir. Uma combinação perigosa para empresas estagnadas, burocráticas e que não cultivam novas idéias

Por isso, as organizações buscam colaboradores que possam oferecer um “algo mais” para a elas, pessoas dedicadas que trabalhem como verdadeiros sócios do negócio. Que ofereçam opções diferenciadas de investimento para novos negócios, tornando a empresa ainda mais competitiva no médio e longo prazo. Este modelo de colaborador é chamado de intraempreendedor.

Intraempreendedorismo   Guia completo

O que é o intraempreendedorismo?

É uma modalidade de empreendedorismo praticado por funcionários dentro da empresa em que trabalham. São profissionais que possuem uma capacidade diferenciada de analisar cenários, criar idéias, inovar e buscar novas oportunidades para estas empresas. São eles que ajudam a movimentar a criação de idéias dentro das organizações, mesmo que indiretamente.

Este tipo de colaborador tem sido muito valorizado pelas empresas, principalmente por agregarem valor ao trabalho final executado pela organização. Eles são procurados pelas empresas de recrutamento com uma freqüência cada vez maior, ocupando espaços importantes nas grandes corporações em todo o mundo.

Quais são as características do intra-empreendedor?

Este tipo de profissional lida muito bem com a busca pelo novo, sem medo dos riscos que possa correr por gerar uma idéia e compartilhá-la com seus superiores. Ele está focado na melhora contínua de seu setor, departamento ou mesmo de toda a empresa, dependendo da abrangência que sua idéia possa ter. Ele tem uma certa facilidade em descobrir oportunidades ocultas.

A inquietação de quem está sempre inconformado com a situação atual é característica inerente de todo intraempreendedor. Ele busca se capacitar cada vez mais para superar os desafios que lhe são apresentados. É, acima de tudo, ousado e bastante criativo.

  • Paixão pelo que faz;
  • Sempre atento às novas idéias;
  • Simulam erros e riscos;
  • Descobrem oportunidades ocultas;
  • Multi-disciplinaridade;
  • Persistente, dedicado;
  • Autoconfiante, decide por conta própria;
  • Proativo, inovador.

Além de todas estas características, o fundamental é o espírito empreendedor. O que nos faz lembrar que a grande maioria destes colaboradores empreendedores não tem o mesmo interesse em abrir um negócio, como os demais, por exemplo. Para ele, colaborar com a empresa, ter bons salários e elevar o seu nome dentro da organização são objetivos tão importantes quanto ter sua própria empresa.

Como incentivar o aparecimento dos intraempreendedores?

Para poder contar com um profissional com estas características, é necessário que a empresa crie condições para que ele se desenvolva naturalmente. Porém, isto não é uma tarefa nada fácil. A alta administração precisa estar disposta a abrir mão da sua rigidez e do conservadorismo nos processos de tomada de decisão, permitindo que seus colaboradores opinem e sugiram melhorias.

Talvez o fato mais importante neste processo seja a compreensão por parte dos “chefes” de que estes profissionais podem, e deverão, ser melhores que eles. A alta gerência precisa enxergar os intraempreendedores como um ativo de luxo para a empresa e não um concorrente que precisa ser tolido. Porém, sabemos como é difícil esta convivência nas organizações hoje. Neste caso, uma liderança descentralizadora é ideal para o surgimento dos novos intraempreendedores.

A motivação interna é essencial para que os funcionários se sintam à vontade para trabalhar desta maneira. Afinal, qualquer pessoa que possua um perfil empreendedor pode desenvolver as habilidades de um intraempreendedor. Mas, para que isso aconteça de forma perfeita, é preciso que a empresa crie programas de coaching ou mentoring para realizar o acompanhamento destes colaboradores que se destacam.

Bônus: Os 10 Mandamentos do intraempreendedor

Deixo como conteúdo extra para vocês os 10 mandamentos do intraempreendedor, estabelecidos pelo consultor Gifford Pinchot, responsável pela introdução do termo intraempreendedorismo no Brasil. Confira:

1 - Forme sua equipe. Intraempreendedorismo não é uma atividade solitária;
2 – Compartilhe o mais amplamente possível as recompensas;
3 – Solicite aconselhamento antes de pedir recursos;
4 - É melhor prometer pouco e realizar em excesso;
5 - Faça o trabalho necessário para atingir o seu sonho, independentemente de sua descrição de cargo;
6 - Lembre-se de que é mais fácil pedir perdão do que pedir permissão;
7 – Tenha sempre em mente os interesses de sua empresa e dos clientes, especialmente quando você tiver que quebrar alguma regra ou evitar a burocracia;
8 - Vá para o trabalho a cada dia disposto a ser demitido;
9 - Seja leal à suas metas, mas realista quanto ás maneiras de atingi-las;
10 – Honre e eduque seus patrocinadores.

Este guia foi desenvolvido para que você possa conhecer um pouco melhor sobre os intraempreendedores, para, quem sabe, despertar em você este sentimento de mudança, de inovação para o bem comum. Mas também tem o objetivo de mostrar às empresas a importância de se valorizar este talentos. Pois, sabemos que as organizações que valorizam o espírito empreendedor de seus trabalhadores ganham em vantagem competitiva no mercado.

Por isso, olhe com mais atenção para seus colaboradores e comece a enxergar aqueles com maior potencial de geração de novas idéias. O futuro da sua empresa pode estar ali, apenas esperando que você dedique seu tempo à eles. E se você é um funcionário com as qualidades de um empreendedor, comece a por em prática algumas idéias, converse com seus superiores, mude o seu futuro!

14 COMENTÁRIOS

  1. E a uma das partes da gestão em que o empreendedor é muito perceptível as alternativas e considera-las como uma oportunidade de negocio

  2. Gostei da aproximação que você fez no tema. É meu assunto preferido também e tenho feito algumas pesquisas sobre isso.

  3. Gustavo,boa noite!Estou fazendo um trabalho da faculdade e gostaria de saber se você pode me tirar uma duvida:intraempreendedorismo é o mesmo que empreendedorismo organizacional?

  4. Gostei muito, meus parabéns e muito sucesso, desejo ficar mais bem informado sobre empreendedor e intraempreendedor e empreendedorismo corporativo

Deixe um comentário