Itaú Unibanco é listado no Dow Jones Sustainability Index pelo 10º ano consecutivo

1
2 Flares 2 Flares ×

Entre as sete empresas brasileiras selecionadas, três fazem parte do grupo: Itaúsa, Itaú Unibanco e Redecard

O Itaú Unibanco foi selecionado, pelo 10º ano consecutivo, na relação de 317 empresas de 27 países que compõem o Dow Jones Sustainability Index, principal ranking de sustentabilidade empresarial do mundo. É a única instituição financeira da América Latina a fazer parte do índice desde a criação deste indicador. Das sete empresas brasileiras selecionadas para a edição 2009/2010, três integram o grupo: Itaúsa Holding, Itaú Unibanco Holding e Redecard, empresa na qual o grupo conta com 51% de participação acionária. A Itaúsa ainda foi apontada como empresa líder em Serviços Financeiros pelo terceiro ano consecutivo. A edição do DJSI 2009/2010 foi anunciada hoje, na Suíça, e será efetivada na abertura do mercado no dia 21 de setembro.

“Estar no Índice Dow Jones de Sustentabilidade há dez anos consecutivos nos dá imenso orgulho e é importante reconhecimento da consistência de nossa atuação nos âmbitos econômico, ambiental e social. A avaliação, menos de um ano após a fusão, também comprova o alinhamento entre os valores assumidos pelas empresas que deram origem ao Itaú Unibanco. O ranking ratifica nosso empenho em ampliar continuamente o valor gerado aos nossos investidores, acionistas e clientes. Da mesma forma, assegura aos colaboradores e sociedade o compromisso da instituição em manter e atualizar as melhores práticas na gestão sustentável dos negócios”, afirma Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco.

O DJSI também comprovou a solidez das instituições, mesmo após a crise econômica iniciada em 2008. Em uma classificação em que as notas vão de 0 a 100, o Itaú Unibanco obteve 82 como nota geral, com melhoria em todas as dimensões avaliadas, enquanto a média do setor foi 51, com redução na pontuação média em todas as dimensões. Entre os destaques na avaliação do banco estão Política Anticrime, Desenvolvimento do Capital Humano, Riscos em Grandes Projetos/Financiamento à Exportação e Valor Social Adicionado.

Já a Itaúsa obteve a nota geral mais alta de seu setor, 72, enquanto a média das empresas foi 41. As melhores notas referem-se a Dimensão Econômica (Gerenciamento da Marca e Risco e Gerenciamento de Crises) e na Dimensão Social (Segurança e Saúde Ocupacional, Normas para Fornecedores e Valor Social Adicionado).

Além dos aspectos gerais utilizados em todos os setores, como governança corporativa, gerenciamento de riscos, força da marca, iniciativas para mitigar mudanças climáticas, padrão de relacionamento com fornecedores e práticas em gestão de pessoas, foram avaliados critérios específicos para cada um dos 58 setores avaliados, de acordo com o Industry Classification Benchmark (ICB).

Desde sua criação, em janeiro de 1999, o DJSI tornou-se uma referência objetiva e confiável para instituições administradoras de recursos na criação de portfolios sustentáveis. As empresas baseiam-se nesta carteira para tomar suas decisões de investimentos e oferecem produtos diversificados aos seus clientes. Atualmente, 70 administradores de recursos de 16 países são licenciados para utilizar a carteira, gerenciando diferentes produtos financeiros e movimentando aproximadamente US$ 6 bilhões em recursos. O índice é revisado anualmente com base em questionários enviados às empresas e informações públicas disponibilizadas em relatórios anuais e websites de relações com investidores. O levantamento abrangeu as 2500 maiores empresas por valor de mercado Dow Jones, representando 58 setores de atuação.

Atuação sustentável

O Itaú Unibanco, ao somar valores e atitudes das instituições que lhe deram origem, fortalece seus compromissos com o respeito aos direitos humanos, à responsabilidade socioambiental e à conduta ética. A associação também aumenta a responsabilidade do banco, como um dos principais players do setor financeiro mundial, na promoção do desenvolvimento sustentável, por meio de seus serviços, processos, produtos e relacionamentos. O Itaú Unibanco usa instrumentos de monitoramento e prestação de contas alinhados com compromissos internacionalmente reconhecidos, como o Pacto Global, os Princípios do Equador, as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) e as normas AA1000 e SA8000. As práticas de negócios observam os códigos de ética do setor financeiro e seguem as tendências indicadas pelo Dow Jones Sustainability Index (DJSI) e pelo Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo (ISE-Bovespa), entre outras referências de mercado.

Logo após a fusão, a instituição começou a desenhar a nova Política de Sustentabilidade, formada com base nas experiências e compromissos dos dois bancos e aprovada pelo Comitê Executivo em abril de 2009. Para fortalecer a manutenção deste direcionamento no processo decisório do Itaú Unibanco foi estabelecida a Governança de Sustentabilidade, estruturada em grupos que contemplam todos os níveis da instituição, inclusive o Conselho de Administração. Também em abril foi finalizado o Relatório Anual de Sustentabilidade 2008 do Itaú Unibanco. Produzido em tempo recorde, o documento foi publicado com o selo “A+ Checked”, da Global Reporting Initiative (GRI) e segue as diretrizes da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca). Em junho de 2009, o Itaú Unibanco recebeu do jornal britânico Financial Times e da International Finance Corporation (IFC) o prêmio Emerging Markets Sustainable Bank of the Year, reconhecimento máximo concedido à instituição financeira mais sustentável dos mercados emergentes, considerando a criação de valor em suas operações nas esferas ambiental, social e financeira.

Nos primeiros seis meses do ano, os investimentos sociais e culturais do Itaú Unibanco alcançaram R$ 70 milhões. O Prêmio Itaú-Unicef, da Fundação Itaú Social, lançado em abril, teve cerca de 1.900 projetos inscritos. Em maio, o Instituto Unibanco concluiu a avaliação dos programas Jovem de Futuro e Entre Jovens, com resultados significativos. O Itaú Cultural recebeu em sua sede mais de 103 mil pessoas e realizou 189 eventos. A edição 2009 do programa Rumos Itaú Cultural recebeu a inscrição de 1.714 projetos.

E para comemorar este feito o Itaú Unibanco, juntamente com a CEMIG (As 2 empresas são as únicas companhias da América Latina, em seus respectivos segmentos, a compor este índice), realizam hoje no Insttuto Itaú Cultural o evento: 10 anos de Dow Jones Sustainability Index – Empresas e índice de evolução. Veja o folder abaixo ou clique aqui.

Itaú Unibanco é listado no Dow Jones Sustainability Index pelo 10º ano consecutivo

1 COMENTÁRIO

  1. […] Itaú Unibanco é listado no Dow Jones Sustainability Index pelo 10º ano consecutivo […]

Deixe um comentário