Já comentamos aqui no blog sobre o mega evento que aconteceu em São Paulo esta semana, o imperdível e sempre surpreendente HSM Expomanagement 2010, onde grandes pensadores da gestão estão discutindo novas idéias para o futuro. Com a participação de profissionais renomados como Philip Kotler, Jim Collins etc, o evento traz o que há de melhor no pensamento da gestão moderna.

Na terça-feira, dia 09 de novembro, subiu ao palco o mago do Marketing Philip Kotler para uma palestra sensacional sobre o Marketing 3.0. Dentre os diversos conhecimentos compartilhados e discutidos no evento, Kotler falou sobre as 8 características das empresas mais admiradas ao redor do mundo, listadas no  livro “A Bolha da Marca”, que analisou 40 mil marcas mundiais durante 20 anos. Estas características são:

1 – Alinham os interesses de todos os grupos de stakeholders.

2 – Os salários de seus executivos são relativamente modestos.

3 – Adotam uma política de “portas abertas” de acesso à alta gerência.

4 – A remuneração e os benefícios de seus funcionários são elevados para a categoria; o treinamento de seus funcionários é mais longo; e a rotatividade da mão de obra é menor.

5 – Contratam pessoas que têm entusiasmo pelos clientes.

6 – Consideram os fornecedores parceiros legítimos, que colaboram para melhorar a produtividade e a qualidade e para reduzir os custos.

7 – Acreditam que a cultura corporativa é seu maior ativo e sua principal fonte é a vantagem competitiva.

8 – Seus custos de marketing são muito menores que os de outras empresas do setor e, ao mesmo tempo, a satisfação e a retenção de clientes são muito maiores.

Kotler defendeu também a idéia de que as empresas que criam um bom relacionamento com os seus clientes acabam por colher uma espécie de propaganda gratuita, graças ao “amor” que elas despertam em seus clientes. Kotler afirmou que: “Se você cria um caso de amor com seus clientes, eles mesmos se encarregam por fazer a sua publicidade”.

E aí, sua empresa possui estas características? Qual empresa brasileira você acredita que as possua? Queremos ouvir sua opinião nesta discussão, comente, participe!

4 COMENTÁRIOS

  1. Quando estava na faculdade meu sonho eram eventos como este, pena que sempre foram caros.
    Embora minha primeira graduação seja contabilidade, por dipor de tempo na época cursei TODAS as disciiplinas de Administração ligadas a Marketing e RH, pois na UFMG sempre foi fácil cursar disciplinas eletivas.

    Bem, esta introdução foi para embasar minha admiração por Kotler e a importância do Marketing para mim. Embora Gestão, como um todo, sempre me interessou, sou mais Gestor, que Contador.

    Infelizmente são poucas empresas no Brasil que possuem pelo menos algumas das 8 características citadas e, mesmo as Multinacionais que, no exterior adotam estes diferenciais, não o repetem o Brasil. Curioso…

    No entanto, de estalo, cito o Grupo Pão de açucar que, embora seja um grupo Familiar, chama-me a atenção pelo tratamento dispensado aos Funcionários, Clientes e também pela forma que eles conduzem o E-commerce e o comercio tradicional, como por exemplo, um posicionamento ativo no Twitter e boa respostas nos outros meios de comunicação como e-mail e telefone.

    Infelizmente não conheço profundamente o Grupo Pão de açucar, mas o que sempre lí e ouví sobre Abílio Diniz sempre foram coisas, profissionalmente, positivas.

    No mais, acho que a cultura aqui é de distanciamento entre os maiores e menores salários, não há planejamento adequado, investem pouco em mídias sociais, os vendedores são desmotivados, ou mal educados. Por exemplo, uma rede de eletrodomésticos como Ricardo Eletro, aqui de BH, por possuírem preços agressivos e terem bom movimento, além de pagar baixos salários, permitem que os vendedores tratem os clientes com indiferença, pois, segundo eles, "Se você não comprar, logo vem outro e compra".

    Enfim, isto daria um contrapost e o debate é muito bem vindo"

    • Grande Reinaldo, tudo bom?
      Realmente o Grupo Pão de Açúcar é um exemplo de gestão. Acompanhamos sempre notícias positivas sobre as empresas do grupo no que diz respeito a gestão e liderança. Possivelmente possuem algumas das características apresentadas por Kotler no post.
      A cultura empresarial precisa mudar muito no Brasil para atingir patamares mais elevados e se tornar um exemplo mundial, mas acredito que estamos sim no caminho certo.

      Obrigado pela participação!
      Grande abraço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here