Marketing Invisível – Você o vê?

31
146 Flares 146 Flares ×

Esta semana em minhas perambulações pela internet me deparei com um texto muito interessante no Mundo do Marketing, intitulado “Marketing Invisível: Sim, ele está ao lado“, escrito por Elizeu Alves. O texto explica um pouco sobre esta nem tão nova modalidade de marketing que está tomando conta do mercado. Achei interessante comentar aqui sobre o tema.

Marketing Invisível – Você o vê?Como sabemos, todos os dias recebemos centenas de propagandas, seja no jornal que lemos, na novela que assistimos, no ponto de ônibus em que esperamos horas, no salão de beleza… enfim, todos os lugares que frequentamos tem lá uma bendita propaganda, interessante ou não. Por esta razão, os consumidores começaram a não prestar mais atenção à estas propagandas, tornando-se descrentes quanto ao apelo oferecido. Resumindo, as pessoas passaram a se tornar “cegos” com relação à esta enxurrada de anúncios, ou seja, eles vêem mas não enxergam a mensagem que o anunciante está passando.

Com a missão de acabar com esta “cegueira” intencional do consumidor, surgiu o Marketing Invisível, uma modalidade de marketing que fala sem dizer, que mostra um produto sem gritar no ouvido do cliente, a propaganda simplesmente está lá, quieta e imóvel, apenas esperando que você a veja. É bastante utilizada para testar a reação de consumidores a novos produtos, com pessoas contratadas ou situações planejadas para que outras pessoas conheçam o produto/serviço/marca sem perceberem que estão sendo testadas. Afinal, é muito mais fácil despertar a atenção de uma pessoa por um comentário de um amigo ou familiar sobre uma marca do que colocando um outdoor no meio da praça, correto?

No texto que citei acima, o autor cita bons exemplos de situações em que o Marketing Invisível estava lá, mas muita gente não percebeu ou não sabia que ele existia. Vou citar alguns exemplos simples que vimos na TV recentemente, confira:

  • Quando assistimos à estréia do Big Brother Brasil 2011 esta semana, pudemos ver no televisor em que o apresentador Pedro Bial aparece todos os dias, a singela marca da Samsung na parte de baixo do produto. Simples assim.;
  • Quando assistimos à mini-série “Amor em 4 atos” na Globo, em seu segundo episódio, pudemos ver um letreiro luminoso do Banco “Caixa” em meio à noite escura da cena, em dois momentos. Quase ninguém notou, mas a marca estava lá;
  • No filme ‘Tropa de Elite 2’ há uma cena importante, onde  uma pessoa filma algumas armas com um celular da Claro, enviando-as online diretamente para o monitor do Coronel Nascimento;
  • Na Copa do Mundo de 2010, quando Luís Fabiano fez um de seus gols, bateu com força no peito, com o punho fechado, vibrando. Muita gente pensou que era um símbolo de patriotismo, mas se reparar bem vemos que é o mesmo gesto que ele fazia na propaganda da cerveja Brahma, o gesto do “ser brahmeiro”.

Só para citar alguns recentes. E aí, você se lembra de ter visto estas marcas nas situações descritas acima? Pois é, muita gente não percebeu que aquilo se tratava de uma propaganda discreta. Quando vimos celebridades usando produtos que geralmente não vemos, fora das propagandas tradicionais, é bem provável que alguém ali recebeu um bom dinheiro para fazer tal propaganda “espontânea”.

E um excelente veículo para tal prática é a internet, onde conseguimos ver diversos tipos de anúncios em todo tipo de conteúdo, mesmo que não da forma direta que estamos acostumados. Seja no Twitter, Facebook, Orkut, blogs ou qualquer outra mídia social, estas ações invisíveis são cada vez mais comuns. Quem nunca acompanhou um blog ou uma promoção sobre determinado assunto e mais tarde descobriu que tudo se tratava de uma ação de marketing de uma grande empresa? Pois é, isso também é Marketing Invisível.

Mas nem tudo são flores. Do outro lado desta questão, há a discussão ética sobre as práticas de marketing invisível nos dias de hoje, como sabemos, as pessoas não gostam de ser manipuladas. Por isso, questionamentos acerca da legitimidade de tais práticas são levantadas a todo momento: É certo ou errado? Vale o investimento para correr o risco de ser condenado pelo consumidor mais tarde? Esta discussão é longa e tem um significado para cada um, eu prefiro não me estender nela. Deixo pra vocês o julgamento final. Marketing Invisível – Você o vê?

E vocês, conhecem outros exemplos de Marketing Invisível? Você acha certa ou errada a prática desta modalidade de marketing? Entre na discussão, comente!

31 COMENTÁRIOS

  1. Gustavo, já viste "Amor por Contrato"? Sei que parece ser apenas um filme água-com-açúcar, mas eu tenho recomendado a todos os marqueteiros, pois tem a ver com o teu assunto.

    • Olá Karin, tudo bom?
      Quando pesquisei sobre o tema para escrever este texto, ouvi falar muito bem deste filme, mas ainda não o vi, por isso preferi não comentar sobre. Mas pelo que sei, é realmente um bom complemento ao tema do post sim.
      Obrigado por sua participação, volte sempre ao blog! ;)

      Um abraço.

    • verdade karin, eu já assisti esse filme e realmente retrato marketing invisivel. o casal ideolizado como perfeito pela vizinhança na verdade nada mais é do que uma acao de marketing de um empresa para q eles ”divulguem, digamos assim” seus produtos a seus supostos amigos. sem a pessoa perceber, eles fazem a propaganda dos produtos d luxo que os mesmo possuem em casa.

  2. olha eu tenho um publicitario dentro de casa,entao é complicado falar,sou suspeita,eu sempre percebo essas propagandas,tenho um certo foco nelas,gosto de observa-las,ver se sao boas ou rins,enfim gosto acredito q n se manipula ninguem com elas,e é boa essa competitividade dos produtos e marcas,e uma boa propaganda jamais é esquecida,e marca uma geraçao.

    • Olá iasmim, como vai?
      Concordo com você, as boas propagandas jamais são esquecidas, tudo depende da forma que se produz e veicula a idéia. As pessoas só são manipuladas quando permitem que isso aconteça, mas mesmo assim esta prática é criticada por isso.
      Obrigado pela visita. Um abraço.

  3. Olá, Gustavo!

    Já havia percebido essa prática. É incrível como as novelas estão adotando esse procedimento.

    Mas esquecendo as novelas…

    Há algum tempo assistir uma reportagem sobre um homem que não possuía residência fixa. Cada dia do ano ele se hospedou em um hotel diferente e não pagara um "tostão" por isso. Na região, havia mais de 300 hoteis, e ele desfrutou de todos os serviços do estabelecimento devendo apenas realizar seu marketing. Não sei se pode ser considerado exatamente um marketing invisível, mas achei muito interessante o sistema oferecido.

    Um abraço!

    • bbb é prova disso hahaha
      só q vai mais além ainda, pois as vezes só mostra o produto e tals….

      só q na maioria das vezes os participantes do reality falam do produto, ex shampoo da niely affffff

      aparece eles lavando o cabelo falando q o shampo é maravilhoso, q é isso, q é aquilo etc….

      ai já passa a ser marketing tradicional tbm

      …. novelas são campeãs em mkt invisivel, incrivel

  4. Acho interessante essa questão do MKT invisível, parece algo relacionado a mensagem subliminar (rsrsrs). Mas creio ser algo vítima de muitas críticas pela razão de assimilar com mesagem manipulativa ou algo semelhante.

    • Olá Éric, tudo bom?
      Realmente, o Mkt invisível recebe muitas críticas sim, mas como disse no post também existem muitos elogios. Acho que isso varia de acordo com a qualidade da idéia e da abordagem que as agências utilizam para promover a ação.
      Grande abraço.

  5. Oi Gustavo,

    Pelo que você falou no seu artigo sobre o marketing invisível, ele tem as mesmas caracteristicas do marketing subliminar, cujo objetivo é transmitir uma mensagem que não pode ser percebida diretamente pelos sentidos mas que é absorvida pelo cérebro. Temos o exemplo historico de uma marca famosa de refrigerante que utilizava tal recurso nos cinemas, através de apresentaçoes instantaneas na tela. Assim criavam o desejo de consumo do produto, de forma inconsciente!

  6. Bom dia gustavo. realmente, esse tema é muito importante e merece discução.

    acho q como vc disse, tudo depende da forma como a empresa passa a propaganda e como ela é vinculada, dai o resultado positivo ou nao dos cliente.

    justamente por achar esse tema importante ele será o provavel tema do meu trbalho de tcc do curso tecnico em adm que estou fazendo. só estamos aguardando q a escola aceite, pois o mesmo já foi pra avaliação e não foi aceito, no entanto, o professor ficou de conversar novamente com o responsavel pelos tcc, já que até o proprio acha um tema legal e importante a ser abordado.

    sucesso.
    bianca

  7. O marketing invisível, acredito eu já é usado a anos.
    Um professor meu da pós graduação já tinha tocado nesse assunto, depois disso comecei a me ligar como esse tipo de marketing esta sendo usado. O exemplo do professor foi em um filme do 007, onde ele disse que contou mais de cem marcas aparecendo discretamente no filme.
    Comecei a contar também nos filmes e programas que assito, no ” De volta para o futuro” que é de 1985, localizei mais de 10 maracas aparecendo em um filme que tem quase trinta anos.
    Para mim, o marketing invisível não é anti- ético, mas sim mais uma forma de comunicação e tem sim que ser usado. Apesar de acreditar que muitos não são nem percebidos como sitado no artigo acima. Acredito que só aparecer não é uma boa, mas quando a marca que aparece se torna algum tipo de papel no filme ou programa, ai sim ela é melhor notada.

  8. Sempre que vejo um filme,novela e outros programas,costumo observar a propaganda de certos produtos, só não sabia que essa se chama propaganda invisível.Acho muito interessante e válido porque o telespectador vê aquilo de forma espontânea e absorve de forma natural.È muito interessante.

  9. Olá Gustavo, adorei o post. Algo que nunca vi em posts sobre esse assunto é algum exemplo usando empresas menores, pois sempre usam como exemplo grandes monstros do mercado empresarial, daí os microempresários sentem-se distantes de tudo isso. Gostei mesmo do post, mas acredito que seria muito mais enriquecedor se viesse com um exemplo de aplicação por um pequeno ou microempresário. Para isso a pesquisa para escrever o post seria muito maior e por isso enriquecedora para você também. É só uma crítica construtiva, pois o post está muito bom. Abraços.

    • Olá Carlos, tudo bom?
      Muito obrigado pelo seu comentário. Realmente é um ótima idéia abordar o mkt invisível pela ótica das microempresas. Vamos fazer umas pesquisas e postar algo sobre isso sim. Obrigado pela crítica construtiva e bem feita, seu comentário deve servir de exemplo.
      Obrigado pela visita e participação. Grande abraço!

  10. olá gustavo, muito bom teu post, curso medicina veterinaria e tem uma disciplina de marketing na veterinaria, e todos estes conceitos podem ser aplicados também na nossa area, mas tens alguma coisa para postar sobre esse tema especificamente?
    obg

    • Olá Fabiano, tudo bom?
      Não sabia que ensinavam marketing na veterinária. Que bacana!
      Falamos um pouco sobre o tema neste post, mas não temos muito material sobre o mkt relacionado ao seu curso infelizmente. Mas será bacana pesquisar algo.
      Obrigado pela visita!
      Abração

  11. olá gustavo aqueles adesivos pequenos colado na traseira dos carros seria marketing invisivel ? estamos promovendo tais marcas sem ação direta delas? ou seria expreção de nossas personalidades gostos etc…..

    • Olá Sandro, acho que neste caso é uma opção do motorista colocar um adesivo de algo de sua preferência. Não é a empresa pagando para que isto aconteça. Acho que é mais um caso de marketing indireto ou até mesmo uma variação do “boca a boca” do que propriamente o mkt invisível.
      Obrigado pela visita e comentário! Grande abraço!

  12. BOM ESSA PROPAGANDA DEVER SER MUITO BOA MESMO MAS SE TRATANDO DOS EXEMPLOS CITADO AI QUAISQUER TIPO DE PROPAGANDA SENDO NA REDE GLOBO DA CERTO … QUARA QUANDO EU CHEGAR A TER DINHEIRO PARA ANUNCIAR NA REDE GLOBO EU TO FERA JÁ … IMAGINE SÓ RD-INFORMATICA NA REDE GLOBO KKKKKK EU JÁ SERIA O CARA …..VLW ABRAÇOS OLHA ELA AI SENDO APLICADO NO COMENTÁRIO …. BOM DIA PARA TODOS

  13. Marketing Invisível .Boa Noite para todos. Nosso exemplo é o Campo society recém inaugurado. Está à vista de todos que por ali transitam e aos poucos vai se tornando conhecido.

    • Olá Paulo, como vai?

      Agradeço seu comentário. E concordo com você, este é um caso de Ambush mesmo. Mas de toda forma, não deixa de ser um caso de marketing invisível para o espectador, principalmente aquele que desconhece a existência do Ambush Marketing, por exemplo. Certo?

      Grande abraço!

  14. Acho que o ambush marketing deve ser visto com muito mais cautela do que o marketing invisível. Pois, o marketing invisível é legítimo, a empresa está pagando para o programa de TV, patrocinando o filme e etc para que sua marca apareça. Já no ambush marketing (ou marketing de guerrilha, marketing de emboscada), uma empresa não patrocinadora do evento paga uma pessoa ou um grupo de pessoas para aparecer em um determinado evento de grande visibilidade, como por exemplo na Copa do Mundo. Este tipo de marketing não é legítimo, pois, os grandes patrocinadores do evento são prejudicados neste tipo de conduta. Por isso minha preocupação em igualar esses dois tipos de marketing. Abraços.

Deixe um comentário