Brasília – As mulheres do Brasil que tiverem uma boa história para contar no mundo do empreendedorismo podem se inscrever ao Prêmio Mulher de Negócios 2007 até o dia 31 de agosto. A premiação, que antes levava o nome de Prêmio Sebrae Mulher Empreendedora, tem o objetivo renovado de proporcionar maior visibilidade às histórias de sucesso de empresárias de todo o País.

A expectativa é que cerca de 2 mil mulheres participem da prêmio este ano. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br.

“A idéia da premiação é evidenciar o espírito empreendedor da mulher brasileira e de educar por meio do exemplo das experiências que podem inspirar outras mulheres”, explica a gerente-substituta da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae Nacional, Clarice Veras.

Para concorrer, as candidatas deverão preencher um formulário, disponível no site ou nas unidades estaduais do Sebrae, onde serão relatados os casos de sucesso de cada empreendedora. Cada história será avaliada por uma comissão julgadora que vai analisar se o caso pode incentivar outras pessoas que querem empreender, se houve criatividade na ação empreendida, preocupação com o meio ambiente, liderança e compromisso da mulher com a melhoria de sua aprendizagem e de seus colaboradores.

Além de ser dividido em duas categorias – Proprietárias de micro ou pequenas empresas e membros de grupos de produção formais (cooperativas e associações) – , o prêmio também possui etapas para sua execução. São três etapas: a Estadual, a Regional e a Nacional. Entre as premiações, estão troféu, certificado, curso do Sebrae e uma viagem de capacitação em território brasileiro de até sete dias, escolhida pela equipe organizadora.

Os dois melhores casos, um de cada categoria, ganharão o prêmio extra: uma viagem internacional de até oito dias a um centro de referência mundial em empreendedorismo, também a ser definido pela coordenação.

Vencedoras em 2006

Em março deste ano, evento realizado em Brasília premiou dez vencedoras que se destacaram no universo feminino em 2006. Duas delas ganharam uma viagem de oito dias a um centro de referência mundial em empreendedorismo na Itália, como prêmio extra.

Na edição 2006, a organização recebeu mais de 1,7 mil inscrições em todo o País, entre as quais foram selecionadas 20 finalistas. As dez vencedoras nacionais receberam troféus e um curso promovido pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), realizado em abril em São Paulo.

O prêmio faz parte de convênio firmado entre o Sebrae, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW), e conta com o apoio da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Em 2004, 700 histórias de sucesso participaram da primeira edição do prêmio; em 2005, 1,3 mil mulheres e no passado mais de 1,7 mil candidatas se inscreveram ao concurso.

ANS

FONTE: Administradores.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here