Há muitos exemplos, mundo afora, que confirmam que o ditado “o seu limite cabe a você mesmo” pode ser colocado em prática e definir o curso da sua própria história. Há histórias de pessoas que contrariaram todos os prognósticos e construíram verdadeiros impérios, ou estão no caminho de chegar até lá. E esses casos não são poucos, algo que vamos abordar no texto de hoje.

Começamos pelo aplicativo que é utilizado pela maioria dos brasileiros, o Whatsapp. Presente nas nossas vidas assim como o Facebook, quem deu o pontapé inicial nesse app mundialmente conhecido foi um jovem ucraniano de 41 anos.

Jan Koum nasceu na Ucrânia, de origem humilde, e mudou para os Estados Unidos quando ainda era adolescente. As dificuldades na América eram grandes e Koum conseguia se sustentar através de programas sociais que proviam ajuda básica para a comunidade. Tudo mudou quando ele foi contratado pela Yahoo!, em 1997, e começou uma carreira meteórica.

Se antes Koum mal tinha dinheiro para cobrir as necessidades, hoje ele está na lista dos bilionários. Em 2014, ele deixou de ser dono do Whatsapp, mas ficou muito bem na história quando vendeu o aplicativo por US$ 19 bilhões.

Mais um exemplo de sucesso vindo do nada também vem dos Estados Unidos. Howard Schultz, dono da Starbucks, teve uma trajetória de dificuldade quando era jovem. Ele morava em conjuntos habitacionais e tinha uma renda inferior à média norte-americana.

Tudo não mudou da noite para o dia para Schultz, que conseguiu ir para a universidade após ganhar uma bolsa esportiva. Mesmo após se formar, teve que trabalhar no xerox para garantir as contas em dia. Quando Schultz assumiu a liderança da Starbucks, a companhia ainda era muito pequena e cresceu sob suas mãos em uma empresa mundialmente reconhecida.

Outro exemplo no hemisfério norte é o de Larry Ellison. Quem gosta de assistir tênis geralmente vê o chefão da Oracle nas partidas do Indian Wells, torneio em que é dono. Mas para Ellison ter uma fortuna bilionária e esbanjar luxo nas quadras de tênis, o empresário teve que ultrapassar dificuldades em um começo complicado.

Antes da fortuna, Ellison tinha que contar dinheiro para conseguir se sustentar. Não quis criar o filho, que foi entregado aos tios em Chicago. Após dificuldades na cidade do Illinois, ele se mudou para a Califórnia, quando fundou a hoje bilionária Oracle.

Há exemplos em todos os setores, e isso também inclui os esportes, é claro. Kevin Martin é um bom exemplo disso. Esse jovem canadense era um humilde DJ de rádio no Canadá, sem muita perspectiva profissional. Martin, em uma semana de folga do trabalho, se especializou no poker. Então, o que era algo recreativo, aos poucos se tornou profissão em tempo integral para esse canadense que hoje é um dos melhores do mundo.

Outro exemplo clássico, e mais famoso no campo do entretenimento é o do ator Sylvester Stallone. O protagonista de filmes históricos como “Rambo” e “Rocky” teve que viver algumas semanas na rua quando não tinha dinheiro para conseguir um teto. O rumo mudou para Stallone quando recebeu chance de ser ator, e não deixou a oportunidade escapar. A reviravolta na vida dele foi enorme, e hoje tem uma fortuna de US$ 400 milhões.

Não importa o tamanho do seu obstáculo e nem a gravidade da dificuldade, sempre há uma maneira de contornar os problemas rumo ao sucesso. Essas personalidades citadas acima, de diversas áreas, mostram que o limite é estabelecido apenas por você.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here