Programa de estágio ou trainee pode ser a chance de entrar no mercado de trabalho com o pé direito.

Fonte:Empregos.com.br

O início do segundo semestre do ano é marcado pela eclosão dos programas de estágio e trainee. Se você está cursando ensino superior ou é recém-formado fique atento às oportunidades. O programa de estágio ou trainee pode ser a sua chance de ingressar no mercado de trabalho e o pontapé inicial para trilhar uma carreira de sucesso.

Mas para conseguir uma vaga nos concorridíssimos programas é preciso bastante preparo. O número de candidatos inscritos é imenso. Dependendo do perfil da empresa, pode chegar, em média, a 30 mil. A maratona para conquistar a valiosa vaga pode envolver a aplicação de testes específicos, provas de conhecimentos gerais, raciocínio-lógico, inglês, entrevistas e dinâmicas de grupo.

Todo o esforço é válido. Um estagiário que alcança êxito em todas essas etapas e realiza com excelência as suas atividades pode ser efetivado ao final do programa, caso a empresa tenha um cargo à disposição. O trainee, que é um dos colaboradores da organização e tem os mesmos direitos que eles, ao atender às necessidades da companhia ou superar as expectativas, pode assumir um cargo de liderança.

Além de experiência e conhecimento, a participação em programas desse porte vai enriquecer o seu currículo e pode ser um diferencial na busca por novas oportunidades. Portanto, caso pretenda participar de um dos programas abertos nesse período do ano, prepare-se para conquistar a vaga que você tanto almeja e adentre com o pé direito no mundo empresarial.

Saiba o que você quer
O trainee, apesar de ter uma função específica dentro das organizações, terá a oportunidade de passar pelo job rotation, termo corporativo em inglês para designar o rodízio de funções. Dessa forma, poderá conhecer todas as áreas da empresa e, ao mesmo tempo, estará sendo preparado para ocupar um cargo de liderança.

O job rotation também pode ser aplicado nas vagas de estágio,contudo é mais raro. Daí a importância maior do estagiário conhecer a área que mais lhe interessa. “Apesar da pouca experiência, o candidato deve ter boa noção de que área gostaria de trabalhar. É importante a reflexão sobre o autoconhecimento, como habilidades e competências, pontos fortes e fracos, e objetivos para a vida profissional”, recomenda Felipe Sommer, Diretor de Colaboradores e Gestão da GOL Linhas Áreas.

Especialista em Carreiras, o professor Cristiano Rosa, da Veris Faculdades, afirma que antes de se inscrever para um programa de estágio ou trainee o candidato deve verificar se a vaga está alinhada ao seu aprendizado acadêmico e ao seu plano de carreira. Caso a organização não esclareça em seu site as funções ou atribuições do estagiário ou trainee, o professor recomenda ao candidato sanar todas as dúvidas na etapa presencial.

Ao se inscrever
Verifique quais são os pré-requisitos para a vaga e se você tem disponibilidade de horário para colaborar com a empresa. Seja honesto no preenchimento da ficha de cadastro para o programa. Não minta o nível do seu inglês, o período da faculdade ou o ano que você se formou. Acesse o site da empresa e conheça os projetos que ela desenvolve. Se possível, converse com pessoas que trabalham ou trabalharam nela. Esteja atualizado sobre o que acontece no Brasil e no mundo. Estude o seu currículo. Descreva os dados solicitados no formulário com exatidão.

Etapa presencial
Seja autêntico, não tente vender uma imagem que não é a sua. Tenha bom senso na hora de escolher o traje adequando-o ao ambiente profissional e à imagem da organização. Os homens devem estar com o cabelo e barba feitos. Mulheres devem tomar cuidado com a maquiagem carregada.

Uma boa comunicação também é fundamental. Não tenha medo de dizer o que você sabe nem de expor suas ideias, mas cuidado com a redundância. Não fale gírias. Se você é uma pessoa arrojada, demonstre essa característica durante a etapa presencial mesmo que a empresa aplicadora do programa seja tradicional. Não deixe de ser o que você é senão certamente vai se frustrar caso consiga ir adiante.

Competências valorizadas
O estagiário é visto como um aprendiz, porém tem responsabilidades definidas. Segundo o professor Cristiano Rosa, nesse caso, o que vai contar na hora de decidir quem ficará com a vaga é a forma como o candidato vai demonstrar o seu interesse por ela. Leia-se comprometimento, ética, vontade de aprender, interesse em trabalhar em equipe, paciência.

Do candidato à vaga de trainee são cobradas competências atreladas à performance profissional e à entrega de resultados, já que ele estará sendo preparado para ocupar um cargo de liderança. Deve, pois, ter visão estratégica, ser inovador, capacidade para trabalhar com equipes multidisciplinares, resiliência, visão de negócio, dentre outras características.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here