O Procon lança hoje um site exclusivo para queixas de compras pela internet. O site entra em operação amanhã (22).

Até agora, quem precisasse registrar uma reclamação contra um site de vendas on-line precisava ir até um dos postos de atendimento do Procon –em São Paulo, o atendimento é feito apenas nos Poupatempos de Itaquera (zona leste), Santo Amaro (zona sul) e Sé (centro).

O Procon já realiza atendimentos on-line, das 10h às 16h, mas só para dúvidas. Também é possível tirar dúvidas por telefone e e-mail. Mas o registro de reclamações só pode ser feito pessoalmente e com a apresentação do RG original e de cópias dos documentos que comprovem a compra.

Com o novo site, o consumidor não precisará mais ir até um desses postos de atendimento nem apresentar documentos na primeira etapa.

Por enquanto, o site só receberá queixas contra operações feitas on-line. A ideia é que, no futuro, o site seja usado para reclamações contra todas as empresas, de qualquer meio de consumo.

O procedimento será o seguinte: pelo site, o consumidor que não tiver sido atendido corretamente –prazo de entrega não cumprido, produto com defeito, cobrança indevida etc.– poderá registrar sua queixa.

A reclamação será encaminhada a um técnico do Procon, que vai analisar a demanda e encaminhar mensagem ao consumidor informando sobre seus direitos e a eventual necessidade de envio de documentos e outros dados. A empresa será notificada também pela internet.

Caso o procedimento não dê resultado, o Procon vai instaurar um processo administrativo, com a realização de audiência conciliatória com o consumidor e representantes da empresa.

O Procon não informou quantas queixas recebe anualmente de empresas de vendas on-line. No ranking do ano passado, porém, a B2W, que reúne os sites Americanas.com, Submarino, Shoptime e TV Sky Shop, aparece no 29º lugar entre as empresas com mais reclamações de consumidores.

FONTE: Folha.com

7 COMENTÁRIOS

  1. Mas por enquanto só para os consumidores do estado de São Paulo. Vamos ver, que daqui algum tempo, isso se instale em todo território nacional. Muitas das vezes o consumidor deixa de reclamar, por falta de uma canal tão fácil assim. Isso é mais um grande passo para os direitos do consumidor.

    • Olá Carlos, tudo bom?
      É verdade, quanto mais canais existerem para os consumidores registrarem suas insatisfações, mais fácil será para elas obter o que necessitam.
      É só as empresas se utilizarem destas informações da maneira correta.

  2. […] Procon cria site exclusivo para queixas de compras pela internet […]

  3. Convenhamos que o cliente que compra online, o faz pela praticidade.
    Nada mais justo que esse cliente possa resolver os problemas relativos à compra pela internet também.

    Há coisa mais irritante para um cliente de loja virtual, quando a loja insiste em contactá-lo por telefone em momentos inoportunos, em lugar de responder atenciosamente seus e-mails, ou oferecer um chat?

    Só quem já passou por isso sabe o que é.

    Acabei fazendo uso do Reclame Aqui, quando passei por uma situação dessa, porque não tinha condições de me deslocar até o PROCON da minha cidade e passar sabe-se lá quanto tempo lá para começar a registrar uma queixa, depois voltar várias vezes…

    Espero que o sistema em breve abranja todo o território nacional.

    • Olá Giovanna, tudo bom?
      Concordo com você. Nada mais apropriado para o consumidor online que uma central para queixas pela internet. Facilita muito a nossa vida e, possivelmente, dificultará muito a vida das empresas que prestam serviço de baixa qualidade.

  4. Este recurso é totalmente “nonsense”. Quem faz as compras pela internet o faz por NAO PODER ou NÃO QUERER ir nas lojas físicas.
    As lojas online fazem o que querem de nós, fazemos a compra, damos nosso cartão inclusive o código que deveria servir apenas para situações especiais.
    Dai entregam errado, não entregam, entregam coisas com defeito e todo o onus cabe a nós, consumidores. Aqui no Brasil a coisa extrapolou. Nos USA onde faço muitas compras online (estou lá 3x por ano no mínimo) o consumidor é muito mais respeitado.
    Aqui virou um CAOS e parece-me que as lojas on-line estão fazendo um enorme favor.
    Agora eu estou com problemas há 12 dias com o Carrefour.com.br. Foram 23 ligações documentadas e mais 3 chats que salvei. Agora eu tenho que perder um dia de trabalho (sou médico, vou deixar de operar pacientes) para fazer queixa no PROCON, e ainda tenho que faze-lo pessoalmente?????????
    Eu só queria entender que país passivo é este que vivemos, com governantes que roubam, lojas e bancos que nos exploram e a população aceita tudo, só fica “agitada” em briga de torcida e apuração de desfile de escola de samba.
    tenho enorme vergonha de ser brasileiro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here