Produção puxada e empurrada – Conceito e aplicação

590 Flares 590 Flares ×

Você sabe o que significam os termos “Produção puxada” e “Produção empurrada”? Este é um assunto de grande importância para o planejamento de produção das empresas. Dois modelos distintos que determinam diversos aspectos em uma empresa.

É um conceito muito cobrado, também, em concursos públicos, como foi no último concurso da Petrobrás, realizado no dia 16/05/10. Por isso, trouxe um pouco do conceito e aplicação destes modelos de produção para vocês. Acompanhem:

O que é Produção Empurrada?

Do inglês “push system”, o sistema de Produção Empurrada é determinado a partir do comportamento do mercado. Neste modelo, a produção em uma empresa começa antes da ocorrência da demanda pelo produto. Ou seja, a produção depende de uma ordem anteriormente enviada, geralmente advinda de um sistema MRP (Material Requirement Planning). Após o recebimento de tal ordem, é feita a produção em lotes de tamanho padrão. Aqui não existe qualquer relação com a real demanda dos clientes da empresa.

O chamado fluxo contínuo de produção também não tem importância neste modelo de produção, uma vez que a produção ocorre isoladamente em cada unidade fabril utilizada no processo. Desta forma, é enviada uma ordem de produção ao setor responsável, que produz os itens e depois os “empurra” para a próxima etapa do processo produtivo, daí o nome “produção empurrada”. O controle do que deve ser produzido, qual quantidade e em que momento, é realizado pelo MRP.

Os lead times deste tipo de produção precisam ser conhecidos antecipadamente, uma vez que as quantidades produzidas sem o conhecimento da real demanda dependerão dos materiais fornecidos. A produção empurrada é conhecida como um sistema de inventário zero, mesmo isto não sendo um fato real.

Este modelo de produção surgiu no início da era industrial, onde a qualidade dos produtos não importava muito, uma vez que existia uma demanda praticamente infinita em um mercado sem competição. O volume dos produtos produzidos para atender à esta demanda era a única preocupação das indústrias.

Produção puxada e empurrada   Conceito e aplicação

Quando da implementação de um Sistema Kanban em uma empresa adepta da produção empurrada, a primeira medida a ser tomada é a mudança deste sistema para o sistema de produção puxada, onde, só então são implantados os controles visuais de produção e estoque, característicos do Sistema Kanban.

O que é Produção Puxada?

Do inglês “pull system”, a produção puxada controla as operações fabris sem a utilização de estoque em processo. Neste modelo, diferentemente da produção empurrada, o fluxo de materiais ganha relevante importância. Aqui, a demanda gerada pelo cliente é o “start” da produção. O controle de o que, quando e como produzir é determinado pela quantidade de produtos em estoque. Assim, a operação final do processo “percebe” a quantidade de produtos vendidos aos clientes, e que, naturalmente, saíram do estoque, e as produz para repor o consumo gerado.

Desta forma, cada processo produtivo “puxa” as peças fabricadas no processo anterior, eliminando, assim, a programação das etapas do processo produtivo através do MRP. Neste tipo de produção o consumo do cliente é que determina a quantidade produzida, gerando o que chamamos de sistema com nível mínimo de inventário.

A produção puxada surgiu em um cenário onde a qualidade começou a determinar a compra de um produto e a demanda deixou de ser infinita. Assim, tornou-se necessário um modelo produtivo mais avançado e menos estático.

Por fim, faz-se importante ressaltar que é possível utilizar este dois tipos de sistema produtivo em um único sistema, com produção puxada e empurrada em pontos distintos do processo. Esta integração dá-se com a utilização do Sistema Kanban em harmonia com o MRP, entre outros.

16 COMENTÁRIOS

  1. gostei muito das colocações me abriu a mente com relaçao a diferença entre a produção puxada e produção empurrada.. lobrigado…

  2. Gostei muito, vc colocou de forma bem clara…parece entender bem o assunto.

    Tenho uma pergunta?/// No caso destas duas produções, quais são os pós e contras de cada umadelas. Sendo que as duas tem vantagens….

    obrigado…

  3. Descobri o site por acaso e gostei muuuito! Claro e objetivo, me ajudou bastante a estudar para uma prova que vou fazer que inclui este assunto, estão de parabéns.

  4. Meu nome é Valdeci, estudande de eng de prod 7p, gostei muito do site, material bem didatico, me ajudou bastante para av final na matéria sistemas integrados de maufatura. parabens!!!

  5. Olá, tudo bem?
    Prabéns pelo blog!
    Muito bom mesmo, tenho certeza que vai me ajudar muito nos meus estudos.
    Abraços!!!

    • Ola Lucinéia, tudo bom?
      Fico muito feliz que tenha gostado do nosso conteúdo. Tenho certeza que irá ajudá-la sim. Temos muito coisa boa por aqui, fique à vontade para pesquisar. :)
      Um abraço e até mais!

  6. Interessante como algumas pessoas têm facilidade em simplificar assuntos. Estava aqui lendo e relendo um capítulo para uma prova, texto muito complexo. Resolvi ver alguns textos na net, encontrei o seu, que me direcionou ao ponto que estava me sentindo inseguro (produção empurrada). Parabéns pela iniciativa. Seu blog. está na lista dos favoritos. :)

Deixe um comentário