Olá, pessoal! Tudo bem?

Andei um pouco sumida, eu sei, eu sei..

Mas voltei a convite do Sobre Administração para escrever resenhas dos livros que ando lendo ultimamente. Em sua grande maioria, falam sobre um assunto que eu particularmente adoro: Desenvolvimento pessoal e de carreira.

Na maioria dos casos, as editoras classificam este tipo de livro como “auto ajuda”, o que pode causar um certo preconceito por parte de alguns leitores.

Mas para mim, particularmente, este é um tema muito interessante por nos permitir ler, refletir sobre o assunto e aplicar o resultado destas reflexões diretamente na vida real. Talvez seja por isso que 99% dos livros que tenho em casa são sobre esta temática.

E como este ano, minha meta pessoal é ler pelo menos um livro por mês, topei o desafio de escrever algumas resenhas durante o ano aqui no blog.

A proposta é muito boa, porque além de poder finalmente ler todos os livros que comprei em 2013 e 2014 e ainda não tinha tido tempo de ler (o que me deixa com a maior dor na consciência =/), ainda  vou poder dividir isso tudo com vocês, leitores supimpas deste blog que sou fã.

Gostaria que vocês deixassem nos comentários o que acharam da ideia, ok?

Bem, iniciando os trabalhos, vou apresentar o livro que escolhi como o primeiro dessa jornada:

O Poder de Ser Você

O poder de ser vocêO livro “O poder de ser você”, escrito por Alexandre Slivnik, é um livro de escrita simples e de poucas páginas (160 apenas), e foi por isso que o escolhi para ser o primeiro desta extensa lista que ainda virá este ano.

O livro trata basicamente de dois assuntos centrais: a busca pela felicidade profissional (e pessoal, já que o autor defende a ideia de que não há esta divisão) e a importância que as empresas atuais dão, ou deveriam dar ao bem estar de seus funcionários.

Pois bem, a tal “busca pela felicidade” é citada por diversas vezes no livro de forma pouco aprofundada, o que me deixou um pouco incomodada, pois toda vez que esta frase aparecia eu me questionava: “OK, todo mundo quer ser feliz no trabalho, mas COMO alcançar esta felicidade? O que exatamente ele quer dizer com “felicidade”? Esperei até o fim do livro por uma definição mais clara, mas ela não veio. Me pareceu bem lugar comum…

Já a segunda questão, sobre como as empresas deveriam se preocupar com o bem estar de seus funcionários, esta sim faz a leitura do livro valer a pena. O autor dá vários exemplos de empresas que são altamente engajadas com este proposito, fazendo disto até mesmo um diferencial competitivo para manter seus talentos, aumentando a produtividade dos funcionários e reduzindo a rotatividade.

Alexandre Slivnik, autor do livro, se intitula um grande admirador e seguidor da “filosofia Disney” para administrar pessoas, e isso se reflete positivamente no livro, que traz vários bons exemplos sobre motivação e um relacionamento quase familiar entre empresa e funcionários. Os exemplos dos “despojados” escritórios da Google também são bem legais.

Na minha opinião, o título do livro não combinou muito com as ideias centrais, pois nos traz a idéia de que o livro fala sobre autoconfiança, atitude e auto estima, mas esses assuntos não são lá muito abordados no livro.

Em resumo, acredito que “O Poder de Ser Você” deve ser lido por profissionais que acabaram de iniciar suas carreiras (jovens recém formados, por exemplo), já que a questão da descoberta de nossa missão particular é abordada de uma forma legal, ressaltando que quanto mais cedo essa missão for descoberta, maiores serão as chances de trilharmos um caminho de sucesso.

Mas por outro lado, este é um livro que também pode ser útil para líderes e gestores, uma vez que ele mostra como o cuidado com o bem estar dos funcionários vem ganhando cada vez mais importância e sendo tratado como uma tendência no mercado competitivo em que vivemos.

É isso pessoal, espero ter passado um panorama geral do livro para vocês. Espero também poder trocar altas ideias sobre leitura durante todo este ano.

E aí, alguém já leu este livro também? Tem algum do gênero que gostaria de indicar?

Não sejam tímidos, contem tudo nos comentários!

Até a próxima!

3 COMENTÁRIOS

  1. livro bom também é: quem mexeu no meu queijo. ótimo para administradores, já li inclusive. outro, que também achei muito bom e interessante é: pai rico, pai pobre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here