A literatura inglesa que trata sobre preços costuma utilizar o termo Unbundling para definir as ações que visam separar os diversos preços agregados a um produto ou serviço. Em muitas vezes esta separação de preços não é muito desejada pelo cliente, porém em alguns casos específicos ela pode diferenciar e muito sua oferta.

Imagine a seguinte situação: Você compra diariamente sua refeição em um restaurante à kilo, porém, ao contrário da maioria das pessoas ali presente, você apenas se serve em uma embalagem própria para viagem, pesa e depois paga o valor normal pela refeição. Neste caso, se o cliente for observar a operação citada acima, ele verá que lhe foi cobrado por serviços que ele não utilizou, mas que estão agregados de certa forma ao produto adquirido. Por exemplo, no preço do kilo do alimento pode estar incluído as taxas de serviço à mesa, o preço da mesa, a depreciação dos móveis não utilizados por ele no restaurante entre outros.

Isto não é Unbundling, ok?

Desta forma, a separação dos preços pode dar à este cliente uma dimensão extra dos valores incluídos no preço final, dando à ele opções para melhorar sua escolha e, consequentemente, o valor agregado do mesmo.

Outro exemplo de produtos que possuem a separação de seus preços são os jogos on-line. Onde é possível comprar serviços individualizados dentro do jogo fora os pacotes de assinatura, como por exemplo, comprar mais dinheiro interno do jogo usando dinheiro real.

A separação é praticamente o oposto do agrupamento de serviços, uma vez que você não junta todos os componentes que melhoram o produto núcleo em um único pacote, e sim oferece todos estes serviços separadamente para serem escolhidos por seus clientes a partir de sua vontade. Imagine o caso de uma venda de eletrodoméstico, onde a garantia é oferecida à parte, neste caso ouve uma separação do serviço que geralmente é incluído no preço final do produto.

Porém, alguns cuidados devem ser tomados ao se separar os preços de um produto, uma vez que você empresário, estará expondo o preço de cada um dos seus serviços e produtos ao concorrente. Em alguns casos, também terá dificuldades e maior trabalho na hora contabilizar todos os custos envolvidos no processo.

Então, muito cuidado deve ser tomado ao separar os custos dentro dos preços, mas, sem dúvidas, é uma ótima ferramenta para alguns negócios, podendo servir como grande diferencial na hora de vender um determinado produto.

E vocês, já praticaram o Unbundling alguma vez? Qual sua opinião sobre esta prática? Participe, comente e conte pra nós suas experiências e impressões!

2 COMENTÁRIOS

  1. […] Unbundling – Que tal separar ao invés de agrupar os preços de seus produtos? […]

  2. Uma estratégia bem interessante, mas que, certamente, obriga o administrador a utilizar um eficiente sistema de controle de custos, além de ter uma estratégia organizacional bem definida.

    Muito arriscado utilizá-la sem preparação prévia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here